cristiano ronaldo
Jogador do Juventus, Cristiano Ronaldo (Foto: Shutterstock)

O Juventus, um dos principais times de futebol da Itália, presenteou no domingo (21) o atacante da equipe Cristiano Ronaldo com 770 JUV – fan token oficial do clube – por suas conquistas em campo. Ele foi o primeiro jogador a receber criptomoedas como prêmio.

Cada ativo digital, que custa US$ 15 (R$ 83), representou um gol feito pelo atleta português ao longo de sua carreira. No total, ele embolsou US$ 11,5 mil, o equivalente a R$ 63 mil.

Publicidade

De acordo com dados do CoinMarketCap, a capitalização do JUV – valor total de mercado do suprimento circulante da criptomoeda – é de US$ 19,6 milhões. Nas últimas 24 horas, US$ 13,8 milhões foram negociados.

No total, segundo o clube, há cerca de 1,3 milhão de fan tokens JUV em circulação. A quantidade total de ativos digitais criados pelo time de futebol é de 20 milhões.

Fan tokens

O JUV foi lançado no final de 2019 na plataforma Socios.com, alimentada pelo token Chiliz (CHZ), que viu seu preço disparar 2.600% nos primeiros meses deste ano, passando de 0,02 para 0,05 centavos de dólar.

Parte da disparada do CHZ se deve a recentes anúncios, como o investimento de US$ 50 milhões da expansão da empresa por trás do projeto nos Estados Unidos e a criação de um escritório no Brasil.

Publicidade

Além do Juventus, outros times de futebol também lançaram criptomoedas na plataforma. Na sexta-feira (19), o Manchester City, time de futebol da cidade inglesa de mesmo nome, lançou o token CITY.

Barcelona, Roma, Atlético de Madri, Paris Saint-Germain e outras dezenas de clubes também criaram fan tokens. Segundo estátisticas do site fantokenstats, a capitalização de mercado desses ativos é de US$ 364 milhões.

O token BAR, do Barcelona, lidera o ranking de fans tokens, com market cap de US$ 88 milhões, seguido do GAL, do clube Galatasaray, com valor de mercado de US$ 46 milhões. O JUV ocupa a quarta posição.

Criptomoedas e esporte

As criptomoedas estão cada vez mais presentes nos esportes. Em 2018, por exemplo, o clube de futebol Rimini divulgou que compraria bitcoin.

Publicidade

Em 2019, o Sport Lisboa e Benfica — um dos maiores clubes portugueses de futebol — anunciou que começaria a aceitar pagamentos em criptomoedas.

Russell Okung, jogador do time profissional de futebol americano Carolina Panthers, disse no início deste ano que passaria a receber metade de seu salário de US$ 13 milhões em bitcoin.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin abre semana em alta de 2,8%; Grandes investidores do Japão e EUA ganham exposição ao BTC

Manhã Cripto: Bitcoin abre semana em alta de 2,8%; Grandes investidores do Japão e EUA ganham exposição ao BTC

Wells Fargo dos EUA e a Metaplanet do Japão anunciaram novos investimentos no Bitcoin
Imagem da matéria: BNDES planeja lançar em agosto o piloto da Rede Blockchain Brasil

BNDES planeja lançar em agosto o piloto da Rede Blockchain Brasil

Blockchain deve chegar com casos de uso: diploma digital pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa e uma cadeia de custódia de provas
Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)

Aprovação do ETF de Ethereum pode acontecer antes do esperado, diz Coinbase

Maior exchange de criptomoedas dos EUA, a Coinbase está confiante de que a SEC aprovará ETFs de Ethereum à vista muito em breve, apesar do pessimismo mais amplo
Imagem da matéria: Empresário "vende" Bitcoin durante discurso para formandos nos EUA e recebe onda de vaias

Empresário “vende” Bitcoin durante discurso para formandos nos EUA e recebe onda de vaias

O discurso de formatura da Ohio State University incluiu defesa do Bitcoin e cantorias que chocaram o público