Imagem da matéria: Criptomoedas vão para o banco de reservas do Super Bowl com Rihanna neste domingo 
Foto: Shutterstock

Neste domingo (12)  acontece o Super Bowl LVII, um dos eventos mais aguardados no mundo dos esportes e entretenimento nos EUA. Mas, na final do campeonato de futebol americano (NFL) deste ano — que terá direito a show da Rihanna — as empresas de criptomoedas ficarão no banco de reservas.

O Super Bowl sempre foi visto por companhias como a oportunidade perfeita para divulgar seus serviços ao público americano e na edição do ano passado, o setor cripto marcou forte presença. As propagandas das corretoras FTX, Coinbase e Crypto.com que foram exibidas nos comerciais da final até mesmo renderam ao evento o apelido de “Crypto Bowl”.

Publicidade
Propaganda da FTX exibida no Super Bowl de 2022

O anúncio da Coinbase foi marcado por distribuição de bitcoin de graça — e que quase quebrou o app de tantos acessos que teve naquela noite. Já a FTX trouxe Larry David como a figura central de um comercial bem humorado em que a corretora era apresentada para ele como “o jeito mais fácil e seguro de entrar em cripto”.

“Errr, eu acho que não, e eu nunca estou errado sobre essas coisas, NUNCA”, respondia David no final da propaganda. 

De lá para cá, no entanto, muitas coisas mudaram à medida que as criptomoedas entraram num ciclo de baixa e empresas que até então eram vistas como promissoras, como a FTX, ruíram completamente.

O vice-presidente executivo de vendas de anúncios da Fox Sports, Mark Evans, confirmou em coletiva de imprensa na semana passada que não haverá representação de empresas de criptomoedas no Super Bowl deste ano.

Publicidade

Segundo o Associated Press, Evans revelou na ocasião que dois anunciantes da indústria cripto tiveram comerciais “agendados e concluídos” e outros dois estavam em negociação. Porém, assim que as notícias da FTX foram divulgadas, a Fox Sports acabou desistindo dos acordos.

NFT representando o setor cripto 

Embora o Super Bowl deste ano seja um deserto publicitário de corretoras cripto, os tokens não fungíveis (NFT) vão representar a indústria de certa forma.

De acordo com o Decrypt, a Limit Break vai exibir uma propaganda durante o primeiro intervalo comercial do jogo, onde planeja distribuir milhares de NFTs da série Dragon para divulgar o seu modelo free-to-own de NFT, projetado para jogos.

O anúncio interativo, que custou US$ 6,5 milhões para a empresa, exibirá um QR Code que vai direcionar o telespectador para uma introdução do universo DigiDaigaku, semelhante ao anúncio da Coinbase do ano passado.

Publicidade

Neste domingo, o Super Bowl será transmitido às 20h30 (horário de Brasília), com o show da Rihanna previsto para acontecer por volta das 22h.

  • Já pensou em inserir o seu negócio na nova economia digital? Se você tem um projeto, você pode tokenizar. Clique aqui, inscreva-se no programa Tokenize Sua Ideia e entre para o universo da Web 3.0!
VOCÊ PODE GOSTAR
Bitcoin e grafico de mercado

Traders de Bitcoin miram US$ 74 mil já na próxima semana com nova onda de fluxo positivo para ETFs

Com ETFs registrando quatro dias seguidos de entradas e dados de inflação nos EUA abaixo do esperado, o Bitcoin já começou a retomar a alta e superou os US$ 66 mil
Imagem da matéria: Bitso lança carteira Web3 para facilitar conexão com aplicativos DeFi

Bitso lança carteira Web3 para facilitar conexão com aplicativos DeFi

Bitso Web3 Wallet suporta Ethereum, Polygon, Arbitrum, Base e Optimism e permite acesso a mais de 2 mil tokens
solana, criptomoedas,

Este evento vai fazer a Solana atingir US$ 400 este ano, projeta analista

Para analista da Merkle tree, a Solana pode disparar 170% este ano puxado por memecoins ligadas aos candidatos na eleição dos Estados Unidos
Imagem da matéria: Memecoin que usa nome de Trump rouba R$ 410 mil de investidores

Memecoin que usa nome de Trump rouba R$ 410 mil de investidores

Endereço despejou uma enorme quantidade do token TrumpAI, recebeu R$ 410 mil em WETH e derrubou o preço em 100%