Imagem da matéria: Criptomoedas vão formar nova bolha especulativa, diz cofundador do Ethereum
(Foto: Shutterstock)

Joseph Lubin, cofundador do Ethereum e CEO da ConsenSys, disse recentemente que o mercado das criptomoedas vai no futuro criar uma nova bolha especulativa, que acredita vir a ser benéfica para o mesmo.

Durante uma entrevista com a Bloomberg, Lubin argumentou que os preços das criptomoedas são neste momento influenciados por “tipos de traders” que vêem a sua sorte a melhorar e a piorar no mercado.

Publicidade

Estas alterações no preço, de acordo com Lubin, não afetam o desenvolvimento do ecossistema, visto que desde que o mercado das criptomoedas chegou ao seu máximo histórico perto dos US$800 bilhões no final do ano passado, este viu a atividade de desenvolvedores aumentar por “duas ordens de magnitude.”

Este crescimento no final do ano passado, de acordo com o desenvolvedor, foi mais uma bolha, de entre seis grandes que já testemunhamos:

“Vimos seis grandes bolhas, cada uma mais épica do que a anterior, e cada bolha é surpreendente quando acontece, mas quando você olha para trás, elas parecem espinhos no gráfico.”

Cada uma destas bolhas foi seguida de um tremendo crescimento no que toca a fundamentos, tal como aquele que Lubin diz estarmos a testemunhar agora. Esta explosão de atividade viu mais infraestrutura fundamental ser desenvolvida, e o potencial da tecnologia por detrás do Ethereum tornar-se “ainda mais interessante.”

A isto, Lubin acrescentou que espera existir uma correlação entre o preço das criptomoedas e o crescimento da infraestrutura das mesmas. Quando questionado acerca de uma futura bolha, afirmou que podemos “absolutamente” contar com uma.

Publicidade

As palavras de Lubin vieram pouco depois de o Ethereum cair para perto dos US$250, um novo mínimo nas últimas 52 semanas, depois de ter caído de um máximo perto dos US$1,400 em dezembro do ano passado. Atualmente, o Ethereum é negociado a US$290.

O entrevistador da Bloomberg perguntou também a Lubin se esta alteração no preço do Ethereum não o afeta, visto ele ser cofundador da criptomoeda e, presumivelmente, ter uma grande quantidade de tokens. Ele disse:

“Podemos olhar para o preço e fazer planos de crescimento e projeções, e ainda estamos no caminho certo, basicamente. Então isto não é inesperado.”

Durante a entrevista, o CEO da ConsenSys abordou também o problema da escalabilidade da blockchain do Ethereum. Admitindo que este problema a impede de competir com redes financeiras estabelecidas, apontou para soluções criadas acima da blockchain do Etheruem, semelhantes à Lightning Network do Bitcoin, que estão a ser desenvolvidas.

No futuro, Lubin vê o Ethereum competir com muitas outras plataformas semelhantes, que podem não ser tão descentralizadas ou seguras. Sobre o EOS, este disse que pode não ser o melhor ter vários atores em contacto uns com os outros e a controlar a rede.

Publicidade

É de notar que o EOS tem 21 produtores de blocos (PBs) – semelhantes aos mineiros na rede do Bitcoin – elegidos pelos seus usuários. Os PBs já foram ordenados a bloquear mais de 20 contas associadas a atividades ilícitas.


Compre Bitcoin no Celular

A BitcoinTrade é a melhor plataforma para operar criptomoedas do Brasil.
Compre Bitcoin, Ethereum e Litecoin com segurança e liquidez, diretamente pelo app.
Baixe agora e aproveite, acesse: www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Michael Saylor está no Brasil para participar de evento do Itaú

Michael Saylor está no Brasil para participar de evento do Itaú

O famoso entusiasta do Bitcoin veio ao Brasil para participar de um evento fechado com clientes do Itaú
Imagem da matéria: Capiba: Recife lança moeda digital que gera recompensas para cidadãos

Capiba: Recife lança moeda digital que gera recompensas para cidadãos

Batizada em homenagem ao rio Capibaribe, a moeda social digital tem elementos de gamificação e seu funcionamento é todo pelo aplicativo Conecta Recife
Imagem da matéria: PF prende hacker que vendia dados de 223 milhões de brasileiros por criptomoedas

PF prende hacker que vendia dados de 223 milhões de brasileiros por criptomoedas

“Vandathegod” foi responsável pelo maior vazamento de dados da história do Brasil
Moedas do Bitcoin Cash (BCH) ao lado de um celular com o logo do projeto

Preço do Bitcoin Cash sobe 11% depois de turbulência pós-halving

Antes do halving do Bitcoin Cash, o preço do BCH subiu para seu nível mais alto desde novembro de 2021, quando atingiu o pico de US$ 718,62