Imagem da matéria: Criadores de conteúdo serão os mais beneficiados com a Web3, diz executivo da Lens Protocol
Foto: Shutterstock

Uma revolução na monetização da criação de conteúdo. É o que propõe a Lens Protocol, sistema de Web3 que roda na Polygon, blockchain compatível com Ethereum. Nader Dabit, diretor de relações com desenvolvedores da Aave e Lens, mostrou nesta sexta-feira (31) como começar a programar na rede em um bootcamp feito no ETH Samba, evento que ocorre na cidade do Rio de Janeiro

Segundo o executivo, o protocolo Lens é um meio de qualquer pessoa ter uma rede social onde tenha controle absoluto. “Imagina que pessoas ganham a vida com a produção de conteúdo no Twitter e um dia elas podem ser simplesmente banidas. Com protocolos sociais Web3 você não pode fazer isso”, afirma. 

Publicidade

Dabit afirma que o foco é oferecer diversas maneiras de os criadores de conteúdo conseguirem monetizar suas produções. E os resultados são animadores: “Nós estamos vendo na versão beta, que está fechada, pessoas ganhando centenas de dólares por apenas alguns segundos de vídeo. E isso só é possível por conta da infraestrutura. Não é possível fazer em outra rede social”, declara. 

Dabit diz ver com empolgação o ChatGPT e a Inteligência Artificial, os assuntos quentes do momento:

“Qualquer tecnologia tem seu lado bom e ruim. A internet mesmo. Se alguém tivesse aparecido 40 anos atrás e tivesse dito: “Temos essa nova tecnologia que irá permitir qualquer pessoa de qualquer lugar do mundo me ofender, vai facilitar o tráfico de drogas, tráfico de pessoas, vai permitir que pessoas ameacem outras e elas cometam suicídio por conta disso”. Com todos esses aspectos negativos, as pessoas iriam dizer que não querem essa nova tecnologia. Quando se olha para A.I, tem uma perspectiva similar: sim, irá fazer uma disruptura de coisas e trazer algumas coisas ruins, mas no todo será uma coisa boa e estou empolgado para isso”, concluiu.  

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Desafio do Ethereum é criar interoperabilidade entre segundas camadas, afirmam especialistas

Desafio do Ethereum é criar interoperabilidade entre segundas camadas, afirmam especialistas

Integrar as dezenas de redes de segunda camada é o próximo grande passo, tanto para programadores quanto usuários finais
Moeda de Ethereum na frente de gráfico

Ethereum pode atingir US$ 8 mil este ano com aprovação dos ETFs, diz Standard Chartered

O chefe de pesquisa do banco prevê que o evento pode gerar entradas de US$ 15 bilhões a US$ 45 bilhões na segunda maior criptomoeda do mercado
Ilustração de correntes ilustradas com pequenos zeros e uns

Projeto para soluções do sistema carcerário via blockchain vence hackathon na Ethereum Rio

Freedom Chains visa que todo tipo de comportamento do preso seja registrado on chain para evitar corrupção ou injustiças
Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)

ETFs de Ethereum: aqui estão todas as solicitações aguardando aprovação da SEC

O prazo de decisão da SEC para os produtos propostos com Ethereum varia de final de maio a início de agosto