Imagem da matéria: Criadora do The Sandbox passa a valer R$ 32 bilhões após aporte de R$ 390 milhões
(Foto: Reprodução/The Sandbox)

Animoca Brands, uma grande apoiadora do setor de metaverso e de jogos com tokens não fungíveis (NFT), arrecadou nesta terça-feira (12) US$ 75 milhões em uma rodada de financiamento e, agora, está avaliada em US$ 5,9 bilhões (R$ 32 bi) — registrando um financiamento bem menor do que em 2021, mas ficando com uma avaliação um pouco maior.

A empresa já investiu em inúmeras empresas Web3, incluindo Dapper Labs, NBA Top Shots, OpenSea e na Sky Mavis, desenvolvedora do jogo Axie Infinity.

Publicidade

Em um comunicado, a empresa afirmou que irá usar os novos fundos em aquisições, investimentos e “propriedades intelectuais populares” em uma tentativa de fomentar o “metaverso” para a visualização pública.

Investidores que apoiaram a Animoca incluem Liberty City Ventures, Kingsway Capital, Alpha Wave Ventures, 10T, SG Spring Limited Partnership Fund, Generation Highway Ltd e Cosmic Summit Investments Limited.

Animoca, que só investe em infraestrutura descentralizada e de código aberto, é uma grande defensora da propriedade digital e de aplicações pertencentes a usuários.

“Os direitos de propriedade digital representam uma mudança geracional e decisiva na sociedade que impacta todos on-line e irá pavimentar o caminho para o surgimento do metaverso aberto”, disse o presidente-executivo e cofundador Yat Siu. “Estamos bastante honrados em continuar aproveitando o grande apoio de investidores enquanto trabalhamos para solidificar a posição de liderança da Animoca Brands na indústria Web3 e no âmbito da verdadeira propriedade digital.”

Publicidade

“Na próxima década, a humanidade irá descobrir e acolher o poder revolucionário que a propriedade digital de ativos desenvolvidos em blockchain irá trazer a incontáveis aspectos da vida cotidiana”, acrescentou Emil Woods, sócio-gerente do Liberty City Ventures.

Animoca arrecada fundos em meio à angústia do ciclo de baixa

A mais recente arrecadação reflete uma crescente sensação de cuidado nos mercados cripto em face da queda súbita nos últimos meses.

Em 2021, Animoca havia arrecadado US$ 359 milhões a uma avaliação de US$ 5 bilhões, em uma rodada também liderada por Liberty City Ventures e, anteriormente, havia arrecadado outros US$ 139 milhões e estava avaliada em US$ 1 bilhão.

“Sem dúvidas, existe ainda mais cautela após a queda cripto, que é esperada”, disse um porta-voz da Animoca ao Decrypt. “Eu também acrescentaria que esse é um acontecimento positivo. Afinal de contas, ainda é muito capital alocado, mas deve-se esperar que haja acordos melhores e menos competição por acordos como um todo. Esperamos continuar crescendo, adquirindo e investindo.”

Publicidade

O porta-voz também enfatizou que “grande parte do trabalho para o sucesso atual [da empresa] foi desempenhado durante o inverno cripto anterior de 2018-2019”, quando a empresa migrou para o setor blockchain.

Também foi quando a empresa adquiriu a Pixowl, desenvolvedora responsável pelo jogo de mundo aberto The Sandbox, que a Animoca reformulou com elementos da Web3. Esse jogo dá aos jogadores ferramentas próprias de criação, jogos em miniatura e é um dos mais populares da Web3.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis!

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Mercado debate se astro Hulk Hogan realmente aplicou golpe com memecoins Solana

Mercado debate se astro Hulk Hogan realmente aplicou golpe com memecoins Solana

O lutador profissional Hulk Hogan foi acusado de fraude com memecoins de celebridades, mas diz que os tuites “não eram meus”
Vitalik Buterin posa para foto na ETH Taipei 2024

Criador do Ethereum, Vitalik Buterin explica qual é o erro dos tokens de celebridades

O veterano do setor cripto criticou a captação de dinheiro pelas estrelas, afirmando que o hype pode ser aproveitado para fazer o bem
Glaidson Acácio dos Santos, o "Faraó do Bitcoin"

Conselho nega recurso do “Faraó do Bitcoin” e mantém condenação de R$ 34 milhões da CVM

CRSFN manteve a condenação, no valor total de R$ 102 milhões, a GAS Consultoria, Glaidson Acácio (o Faraó do Bitcoin) e sua esposa Mirelis Diaz
Imagem da matéria: Tether passa a deter 25% da mineradora de Bitcoin Bitdeer

Tether passa a deter 25% da mineradora de Bitcoin Bitdeer

Tether, a empresa por trás do USDT, agora possui 25% das ações da mineradora de Bitcoin Bitdeer, de acordo com um novo documento da SEC na quinta-feira