Imagem da matéria: Criadora do Bored Ape declara “vitória legal” contra projeto NFT imitador 
Foto: Shutterstock

A empresa criadora da famosa coleção de NFTs Bored Ape Yacht Club, Yuga Labs, tem direito a uma liminar e indenização de Ryder Ripps e Jeremy Cahen por causa de sua coleção NFT imitadora RR/BAYC, declarou um juiz federal na sexta-feira (21) em um pré-julgamento da suposta violação de marca registrada, aberto pela Yuga Labs no verão passado.

A empresa descreveu o julgamento como uma “vitória jurídica marcante para a Web3”. “Esta não é apenas uma vitória para nós, é uma vitória para toda a indústria Web3 para responsabilizar os golpistas e falsificadores”, disse um porta-voz da Yuga Labs ao Decrypt.

Publicidade

Cahen e Ripps descreveram seu projeto RR/BAYC — que inclui cópias idênticas das fotos de perfil (PFPs) originais do Bored Ape Yacht Club — como uma paródia, protegida pela primeira emenda, e chamaram o processo da Yuga Labs de “frívolo”.

Ripps e outros denunciaram o que eles acreditam ser símbolos e referências racistas na arte do Bored Ape Yacht Club, algo que a Yuga Labs negou repetidamente. O cofundador da coleção original, Wylie “Gordon Goner” Aronow, chamou Ripps de “troll demente” em um post de blog no verão passado.

“Este caso é um esforço infundado para silenciar nossas críticas artísticas muito reais e válidas”, escreveu Cahen no Twitter no verão passado sob seu pseudônimo de Pauly. “A lei de marcas registradas não é uma mordaça.”

A Yuga Labs, enquanto isso, disse que o projeto RR/BAYC estava “enganando” os compradores com NFTs falsamente equivalentes em um “esforço deliberado para prejudicar a Yuga Labs às custas dos consumidores”.

Publicidade

Os resultados do pré-julgamento

A decisão do tribunal incluiu conclusões a favor e contra a Yuga Labs. O juiz concordou que Ripps e Cahen cometeram “falsa designação de origem” e afirmou a posição da Yuga Labs refutando a Primeira Emenda dos réus e as defesas de uso justo. A decisão também ficou do lado da Yuga Labs sobre as afirmações dos réus de que a empresa tinha “mãos sujas” e conscientemente deturpou a atividade infratora.

No entanto, o juiz distrital dos EUA John F. Walter negou a moção da Yuga Labs por “danos aumentados” no que alegou ser um “caso excepcional” — em grande parte um detalhe técnico baseado na intenção da empresa de determinar os valores reais no tribunal.

“Yuga tem direito a indenização monetária e medida cautelar”, decidiu o tribunal. “Yuga reservou a questão dos danos para julgamento.”

A advogada de marcas registradas e direitos autorais Jessica Neer McDonald descreveu a decisão do juiz como uma “grande vitória” para Yuga Labs em um tweet na sexta-feira, enquanto o professor de direito (e autor de um recente livro sobre NFT) Edward Lee também chamou o caso de uma “enorme vitória”.

Publicidade

O caso está sendo observado de perto nos círculos cripto e artísticos, com alguns observadores prevendo que o processo da Yuga Labs contra o conhecido provocador pode sair pela culatra. A empresa teve alguns contratempos iniciais, incluindo comentários do juiz de que estava exibindo “falta de diligência” e fazendo reivindicações “deficientes no mérito”.

Ripps também parecia otimista sobre suas chances de vencer e contratou o conhecido advogado Louis Tompros, que também representou o criador de Pepe the Frog, Matt Furie, em vários processos contra organizações de extrema direita que supostamente cooptaram o sapo de desenho animado como um símbolo de supremacia branca.

Em fevereiro, no entanto, a Yuga Labs chegou a um acordo em um processo de marca registrada separado contra o desenvolvedor do RR/BAYC, Thomas Lehman, que ajudou Ripps a criar um contrato inteligente para o projeto. Um processo separado ainda está pendente contra o colega desenvolvedor Ryan Hickman.

 * Traduzido e editado com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Celular com o logo da CVM e notebook aberto no site da Comissãod e Valores Mobiliários

CVM reconhece ativo de blockchain como token de pagamento

Dynasty Global AG recebeu na última semana a classificação do D¥N como um token de pagamento pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).
SBF da FTX no Congresso dos EUA

Criador da FTX diz que divide presídio com assassinos e brinca que arroz virou moeda com “boas oportunidades” de arbitragem

Sam Bankman-Fried, fundador da FTX, falou sobre sua vida na prisão, a visão diferenciada que tem sobre o que poderia ter sido sua vida e sua tentativa de apelação da condenação
Imagem da matéria: Bitcoin sobe mais de 3% após dado de inflação dos EUA cair em abril

Bitcoin sobe mais de 3% após dado de inflação dos EUA cair em abril

Bitcoin, Ethereum e outras criptomoedas sobem nesta quarta-feira após o relatório do CPI dos EUA mostrar que os preços subiram mais lentamente que o esperado
Imagem da matéria: MB estreia no ranking de Exchange Benchmark em 1º lugar no Brasil

MB estreia no ranking de Exchange Benchmark em 1º lugar no Brasil

O relatório semestral, realizado pela CCData, é considerado uma estrutura robusta para classificar a atuação de exchanges do Brasil e do mundo