Imagem da matéria: Criador da FTX vai voltar para a prisão após juiz revogar fiança
O fundador da FTX, Sam Bankman-Fried, fora do tribunal federal de Manhattan. (Foto: Decrypt/André Beginski)

Sam Bankman-Fried, o criador da falida corretora de criptomoedas FTX, voltou a ser preso nesta sexta-feira (11) após uma audiência de fiança em Nova York perante o juiz Lewis Kaplan.

O juiz afirmou em tribunal que não acreditava que uma ordem de restrição — para impedir Bankman-Fried de falar com a mídia — seria suficiente. De acordo com tweets da sala de audiência enviados por Matthew Russell Lee, também conhecido como Inner City Press, Kaplan afirmou que é provável que Bankman-Fried seja detido no Metropolitan Detention Center, em Brooklyn.

Publicidade

Ele observou que é possível que o fundador e ex-CEO da FTX possa ter acesso a um laptop durante sua detenção.

No mês passado, os procuradores federais moveram-se para revogar a fiança de Bankman-Fried após ele ser acusado de obstrução de testemunhas.

As acusações estão relacionadas às interações de Bankman-Fried com um repórter do The New York Times, que publicou um artigo sobre a ex-CEO da Alameda Research, Caroline Ellison, que em dezembro se declarou culpada por fraude relacionada ao colapso da FTX.

Leia também: Por dentro dos diários de Caroline Ellison, a ex-executiva que virou peça-chave no julgamento do criador da FTX

Publicidade

Na matéria do jornal, Ellison disse que “gerenciar a Alameda não parece algo em que eu tenha uma vantagem comparativa ou que seja adequada para fazer.”

“Ultrapassou os limites”

A procuradora federal Danielle Sassoon alegou em 26 de julho que Bankman-Fried havia “ultrapassado os limites” ao vazar documentos para o jornal.

A FTX era uma empresa sediada nas Bahamas que permitia aos usuários comprar, vender e apostar no preço futuro das criptomoedas. Ela também era uma das maiores marcas no setor.

No entanto, ela faliu repentinamente em novembro do ano passado e desde então as autoridades federais acusaram o ex-chefe e cofundador Bankman-Fried de 13 acusações, incluindo conspiração para cometer lavagem de dinheiro e fraude eletrônica contra os clientes.

O julgamento de Bankman-Fried está previsto para começar em outubro.

* Traduzido e editado com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: El Salvador lança site de Bitcoin e revela quantas criptomoedas possui hoje; confira

El Salvador lança site de Bitcoin e revela quantas criptomoedas possui hoje; confira

Segundo os dados do mempool, El Salvador comprou 30 bitcoins no último mês
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza acima de US$ 67 mil; Ethereum atinge US$ 3 mil em semana decisiva para ETFs

Manhã Cripto: Bitcoin se estabiliza acima de US$ 67 mil; Ethereum atinge US$ 3 mil em semana decisiva para ETFs

A semana promete ser agitada à medida que chega o prazo final para a SEC decidir se aprova ou rejeita o lançamento de ETFs de Ethereum à vista
Imagem da matéria: Merge Madrid: encontro Web3 promete unir Europa e América Latina em outubro

Merge Madrid: encontro Web3 promete unir Europa e América Latina em outubro

De 8 a 10 de outubro, pontos chave da cidade de Madri atrairão o ecossistema Web3 sob uma perspectiva de negócios, legal e técnica
Imagem da matéria: MB e Rappi se unem para celebrar data histórica para Bitcoin com entrega de pizzas a clientes da exchange

MB e Rappi se unem para celebrar data histórica para Bitcoin com entrega de pizzas a clientes da exchange

A plataforma de ativos digitais também promove campanha para recompensar trades realizados até 4 de junho