Imagem da matéria: Corretora vai impedir negociação de Cardano (ADA) e Tron (TRX) nos Estados Unidos
Foto: Shutterstock

A conhecida corretora eToro anunciou nesta quarta-feira (24) que vai restringir a negociação das criptomoedas Cardano (ADA) e Tron (TRX) para todos os clientes nos Estados Unidos.

O motivo é vago. Conforme o comunicado, a causa foram “considerações de negócios relacionadas ao ambiente regulatório em evolução”.

Publicidade

Os americanos não poderão mais receber recompensas por staking nem abrir novas posições com as duas criptomoedas. A medida passa a valer a partir da próxima sexta-feira (26).

Cardano (ADA) e Tron em queda (TRX)

A empresa afirmou que não irá forçar os usuários venderem nas atuais posições. Os clientes poderão manter a Cardano e a Tron na carteira da eToro, mas não poderão trocá-las por dólares.

No final do comunicado, a eToro afirmou estar “frustrada por ter que tomar esse passo”.

Tanto a ADA quanto a TRX estão em queda nas últimas 24 horas, acompanhando todo o mercado de criptomoedas. A primeira de 9% e a segunda de 5,6%.

VOCÊ PODE GOSTAR
Círculo formado por criptomoedas com bitcoin no centro

Taiwan cria associação de criptomoedas em avanço para autorregulação

24 empresas de criptomoedas que se comprometeram ao combate à lavagem de dinheiro entraram na Associação de Provedores de Serviços de Ativos Virtuais de Taiwan
Fachada da Comisión Nacional de Valores Argentina (CNV

Argentina recebe pedido de registro de 35 exchanges de criptomoedas; saiba quais são

Quem não se cadastrou na Comissão Nacional de Valores Mobiliários até a última terça-feira (3) não poderá operar com criptomoedas no país
Fachada da GameStop em Tyler no Texas

Memecoins da GameStop e Iggy Azalea encerram semana com perdas de até 50%

MOTHER – uma memecoin lançada pela rapper Iggy Azalea – despencou 38% nos últimos 7 dias
Fotos dos equipementos de mineração de criptomoedas operados com furto de eletricidade em Canela, RS

Polícia Civil do RS fecha fazenda de mineração de criptomoedas que lucrava R$ 400 mil por mês

Além de crime de furto de energia, casal preso responderá por porte ilegal de arma e lavagem de dinheiro