dólar
Shutterstock

Dados on-chain mostram que a falida exchange de criptomoedas Voyager está promovendo liquidações em massa de tokens. Apenas na quinta-feira (9), a corretora vendeu US$ 56 milhões em Ethereum (ETH), Voyager Token (VGT), Shiba Inu (SHIB) e Chainlink (LINK).

De acordo com a empresa de análise de blockchain Arkham Intelligence, a Voyager vendeu criptoativos ativos no valor de US$ 358,5 milhões desde fevereiro, liquidando seus tokens na Binance.US, na Coinbase e em negociações diretas de balcão com o criador de mercado Wintermute.

Publicidade

Desde janeiro, com as vendas, o saldo da Voyager em stablecoins aumentou para US$ 460 milhões.

As carteiras da bolsa extinta ainda têm cerca de US$ 271,5 milhões em criptoativos prontos para liquidação. O portal de análise, LookonChain, confirmou os dados da Arkham mostrando um valor semelhante deixado em suas carteiras Ethereum.

No entanto, os reguladores dos EUA estão trabalhando duro para retardar o processo de recuperação da Voyager.

O Departamento de Justiça dos EUA (DOJ) contestou uma ordem judicial de Nova York que permitia à Binance.US adquirir os ativos da Voyager. O recurso veio um dia depois que o juiz Michael Wiles decidiu a favor do acordo, contra a oposição da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA, a SEC.

A Voyager entrou com pedido de recuperação judicial no verão passado junto com uma série de outras empresas de criptomoedas. Antes de seu colapso, a FTX havia vencido a licitação inicial para comprar os ativos da extinta empresa.

Em dezembro do ano passado, a Binance.US emergiu como a vencedora final da licitação.

*Traduzido com autorização do Decrypt.

Talvez você queira ler
Fidelity, bitcoin, criptomoedas, EUA, previdência, aposentadoria, EUA

Fidelity se junta à BlackRock na corrida pelo ETF de Ethereum à vista nos EUA

A gigante de serviços financeiros vem expandindo seu negócio de criptomoedas desde 2018
Imagem da matéria: CZ vai deixar o comando da Binance, afirma Forbes e Wall Street Journal

CZ vai deixar o comando da Binance, afirma Forbes e Wall Street Journal

Forbes afirma que CZ irá deixar o comando da maior corretora de criptomoedas do mundo como parte de acordo com governo dos EUA
Binance

“As criptomoedas não vão a lugar nenhum”: líderes da indústria reagem às notícias da Binance

A resposta da indústria à confissão de culpa de CZ e à mudança na Binance foi mista, com alguns argumentando que a notícia é positiva para os ativos digitais
Silhueta de pessoa jogando videogame À frente de TV

O poder dos jogos cripto aumenta: carteiras ativas diárias atingem um milhão

O número de carteiras únicas cresceu aos milhões nos meses de setembro e outubro