Imagem da matéria: Corretora DeFi alerta clientes sobre ataque hacker: "Não usem nosso front-end"
(Foto: Shutterstock)

Invasões a empresas blockchain viraram tendência. A plataforma de negociação descentralizada Curve Finance confirmou relatos de que seu site foi alvo de um ataque de “front-end” na terça-feira (9).

Um ataque de front-end é realizado pela interface de algum site, em que um script mal intencionado é injetado em uma página de confiança e quem a acessar pode ter seus dados privados, cookies, histórico e outras informações confidenciais roubados por hackers.

Publicidade

“Não use o front-end ainda. [Estamos] investigando!”, tuitou a conta do Curve Finance.

Aparentemente, hackers comprometeram um site ou nome de domínio do Curve para redirecionar usuários desavisados ou suas transações para um destino fraudulento.

Segundo o investigador blockchain @zachxbt, os ladrões fugiram com US$ 570 mil em ether (ETH), que foi enviado à corretora de criptomoedas FixedFloat para ser lavado.

FixedFloat afirmou ter congelado 112 ETH (cerca de US$ 191.088) dos fundos roubados.

“Nosso departamento de segurança congelou parte dos fundos no montante de 112 ETH. Para que nosso departamento de segurança seja capaz de entender o que aconteceu o mais rápido possível, favor mandar um e-mail para nós em [email protected]”, tuitou a FixedFloat.

Lançada em 2020, Curve Finance é uma corretora descentralizada (ou DEX) e formadora automatizada de mercado (ou AMM) para a negociação de stablecoins e ativos digitais do tipo “wrapped”, como wBTC e tBTC.

Publicidade

Algumas horas depois de seu aviso inicial, Curve Finance afirmou que a falha foi encontrada e solucionada.

“Se você concedeu aprovação a qualquer contrato no Curve nas últimas horas, favor revogá-la imediatamente”, alertou a empresa, também pedindo que seus usuários procedessem com cautela.

O site “curve.exchange” parece não ter sido afetado, segundo a equipe, e utiliza um sistema de nome de domínio (ou DNS) diferente de “curve.fi”.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis!

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: BNDES planeja lançar em agosto o piloto da Rede Blockchain Brasil

BNDES planeja lançar em agosto o piloto da Rede Blockchain Brasil

Blockchain deve chegar com casos de uso: diploma digital pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa e uma cadeia de custódia de provas
Ilustração de bandeira do Brasil dentro moeda de Bitcoin

Fundos cripto do Brasil captam mais R$ 1,5 mi e chegam a 21ª semana consecutiva de entradas

Vindo de uma grande sequência de captação, fundos de criptomoedas do Brasil estão em 3º lugar no ranking global, atrás apenas dos EUA e Hong Kong
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”
Imagem da matéria: Coinbase sai do ar durante madrugada após interrupção do sistema

Coinbase sai do ar durante madrugada após interrupção do sistema

Embora a Coinbase tenha informado nesta manhã que o problema estava resolvido, sua página de status ainda indica que o app móvel e site estão com “desempenho prejudicado”