Imagem da matéria: Time brasileiro de eSports ganha patrocínio de corretora de criptomoedas
Foto: Shutterstock

Um dos maiores times de eSports do Brasil, o MIBR, anunciou um acordo de patrocínio com a corretora de criptomoedas Bybit pelos próximos 3 anos.

Para a CEO do MIBR, Roberta Coelho, a parceria com a Bybit impulsiona um movimento de aproximação com o universo da Web3.

Publicidade

“Estou feliz de ter a Bybit como parceira pelos próximos 36 meses! Juntas iremos colocar o MIBR na Web 3.0, entendendo melhor os interesses dos nossos fãs no universo de ativos digitais e entregando experiências grandiosas. Assim como menciona o slogan da Bybit, levaremos o MIBR to the next level”, diz Coelho.

O patrocínio irá permitir que os jogadores do MIBR participem do evento de cripto global organizado pela Bybit chamado World Series of Trading (WSOT) 2022. Cada time pertencente relacionado com a Bybit apresentará seus melhores jogadores em uma competição de investimento, liderando seus grupos para conquistar um prêmio de $8 milhões de dólares e tokens não fungíveis (NFTs).

A Bybit também é patrocinadora do time de Fórmula 1, Oracle Red Bull Racing, de outros times de esports do mundo em destaque como Navi e Astralis, do clube de futebol alemão Borussia Dortmund e também do clube de futebol japonês Avispa Fukuoka.

“Estamos ansiosos pela parceria com o MIBR que será o primeiro patrocínio da Bybit Brasil. Nós compartilhamos do espírito esportivo e do desejo de ser o melhor dentro de um jogo. Estando no segmento financeiro e de inovação ou no ambiente competitivo de esports, para ser um bom jogador é necessário um intenso trabalho para aprimorar o seu desempenho e construir boas estratégias. Como plataforma de ativos digitais, a Bybit mantém investimentos altos para oferecer uma experiência segura e confiável aos nossos usuários”, disse a empresa em comunicado para a imprensa.

Publicidade

MIBR, uma força no eSports

Conhecida também como Made In Brazil, a MIBR é uma organização de esportes eletrônicos brasileira. O grupo foi fundado no ano de 2003, com a ajuda do empresário Paulo Velloso, que decidiu investir na equipe de um dos jogos mais jogados no mundo, Counter Strike.

A equipe da MIBR trouxe grandes títulos nos principais campeonatos de Counter Stiker, levando o nome do Brasil a nível mundial, uma vez que o grupo brasileiro chegou a conquistar a Eletronic Sports World Cup, no ano de 2006. Atualmente o nome da marca pertence a empresa americana Immortals Gaming Club, e participa de competições de jogos eletrônicos de outros temas, além de CS GO

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração de vários hamsters lado a lado vestidos de paletó e gravata

“Hamster Kombat é o serviço digital de crescimento mais rápido do mundo”, diz CEO do Telegram

Pavel Durov afirmou também que o jogo de criptomoedas atingiu 239 milhões de usuários mesmo sem uma data específica para o lançamento do token
Donald Trump posa para foto em evento político nos EUA

Partido de Trump lança programa que visa impulsionar a inovação com criptomoedas

Documento faz menções contra CBDCs e a favor da mineração de Bitcoin
Imagem da matéria: Messi e Ronaldinho promovem memecoin desconhecida e preço decola 194%

Messi e Ronaldinho promovem memecoin desconhecida e preço decola 194%

As lendas do futebol Lionel Messi e Ronaldinho divulgaram uma memecoin da Solana chamada WATER, o que gerou muitas perguntas
Imagem da matéria: Em evento na Europa, Vitalik Buterin discute melhorias cruciais para evolução do Ethereum

Em evento na Europa, Vitalik Buterin discute melhorias cruciais para evolução do Ethereum

Além de uma palestra de Vitalik Buterin, evento focado em Ethereum mostrou a força do Brasil na comunidade e reconhecimento como um hub na América Latina