Imagem da matéria: Corretora de criptomoedas Kraken retoma operações no Japão
Foto: Kraken/Divulgação

A Kraken anunciou nesta quinta-feira (22) que vai retomar suas operações como corretora de criptomoedas no Japão, de onde se retirou em 2018 para concentrar recursos em outros mercados.

De acordo com um comunicado em seu blog oficial, a medida faz parte dos planos de expansão da empresa para a região da Ásia-Pacífico (APAC), que passa por um momento de rápido crescimento. Vale lembrar que a exchange ingressou na Austrália em janeiro após adquirir a mais antiga bolsa de criptomoedas do país.

Publicidade

A princípio, a filial japonesa vai oferecer negociações com cinco dos principais criptoativos do mercado: Bitcoin (XBT), Ethereum (ETH), Ripple (XRP), Bitcoin Cash (BCH) e Litecoin (LTC), com planos para expandir a oferta de serviços nos próximos meses. A corretora também vai permitir depósitos e saques envolvendo ienes japoneses (JPY), com opções cripto-cripto e JPY-cripto.

A Kraken vinha se preparando para a reentrada há meses e concluiu seu registro como provedora de serviços de criptografia sob a lei japonesa em 8 de setembro. Dez dias depois, clientes do Japão já podiam criar e verificar suas contas aguardando o início das operações.

“Estamos entusiasmados por oferecer mais uma vez o nosso serviço de negociação de criptomoedas, que é seguro e incomparável, para os integrantes do mercado japonês”, afirmou o diretor de operações David Ripley no comunicado.

Estimativas colocam o Japão como um dos maiores mercados de criptomoedas do mundo, com mais de dois milhões de contas de negociação ativas. De acordo com o comunicado da Kraken, o potencial de crescimento do país é ainda maior.

Publicidade

Para acelerar sua expansão, a empresa afirma que planeja educar os investidores individuais sobre os ativos listados em sua plataforma, com o objetivo de estimular ainda mais a adoção de criptomoedas pelos clientes japoneses.

VOCÊ PODE GOSTAR
Joe Biden posa para foto

Biden expulsa mineradora cripto chinesa de área próxima a base militar: “Risco de espionagem”

O governo afirma que a MineOne possui equipamentos especializados de origem estrangeira potencialmente capazes de facilitar atividades de vigilância e espionagem
Imagem da matéria: Reguladores afirmam que Coinbase não pode obrigá-los a criar regras “do zero” para setor de criptomoedas

Reguladores afirmam que Coinbase não pode obrigá-los a criar regras “do zero” para setor de criptomoedas

Em um processo judicial, a SEC argumentou que a Coinbase não pode exigir que o regulador escreva novas regras para o setor cripto
Imagem da matéria: Manhã Cripto: CVM aplica multa de R$ 55,8 milhões a Atlas Quantum e dono foragido

Manhã Cripto: CVM aplica multa de R$ 55,8 milhões a Atlas Quantum e dono foragido

A CVM multou a pirâmide financeira Atlas Quantum após identificar indícios “robustos e consistentes” de que tudo não passava de uma operação fraudulenta
Vitalik Buterin criador do Ethereum

A proposta de taxas de gás de Vitalik Buterin tornará o Ethereum mais parecido com a Solana?

Vitalik propõe “taxas de gás multidimensionais” e afirma que é uma busca para um sistema mais personalizado e equitativo