Bitcoin com grafico de queda ao fundo
Shutterstock

No dia 21 de outubro de 2021, o mercado de criptomoedas tomou um susto quando, por um breve período, o preço do Bitcoin desabou 87% na Binance.US (braço americano da Binance). Quase dois anos depois, uma revelação indica que a culpada por esse flash crash foi a Alameda Research, falida empresa de trading de Sam Bankman-Fried.

O caso ocorreu apenas na Binance.US, onde o Bitcoin caiu na época da sua cotação de US$ 65.760 para US$ 8.200 por alguns minutos, para voltar ao normal logo em seguida. Na ocasião, a corretora disse que a queda aconteceu por conta de um bug nos sistemas de negociação de um de seus “traders institucionais”.

Publicidade

Agora, o ex-funcionário da Alameda, Aditya Baradwaj, disse que a empresa foi a responsável pela situação. Segundo ele, embora a maioria das negociações da Alameda fossem executadas usando algoritmos, os traders podiam enviar ordens manualmente durante períodos de volatilidade do mercado.

https://twitter.com/aditya_baradwaj/status/1704546813817024907

Uma vírgula fora do lugar

“O trader estava tentando vender um bloco de BTC em resposta a uma notícia e enviou o pedido por meio de nosso sistema de negociação manual”, tuitou Baradwaj. “O que eles não viram foi que a vírgula estava errada em algumas casas. Em vez de vender o BTC pelo preço atual de mercado, eles o venderam por centavos de dólar”, alegou.

Ainda de acordo com o ex-funcionário, a Alameda perdeu milhões de dólares com o erro. “As perdas da Alameda com o dedo gordo foram surpreendentes – da ordem de dezenas de milhões. Mas como foi um erro honesto, não havia muito o que fazer, exceto implementar verificações adicionais para negociações manuais”, completou Baradwaj.

Dedo gordo” é uma expressão usada no mercado financeiro para quando um trader envia uma ordem incorreta sem querer, como se ele tivesse esbarrado na tecla errada do computador.

VOCÊ PODE GOSTAR
hackers em frente a computadores

Exchange de criptomoedas Rain perde US$ 14,8 milhões em ataque hacker

A exchange disse que já tomou as medidas necessárias e que todas as sua atividades estão funcionando normalmente, inclusive saques
Senado, Congresso, Câmara dos Deputados, Brasília, Parlamento

Projeto de Lei quer proibir uso de criptomoedas fruto de crimes durante processo penal

Deputado autor do PL afirma que em muitos casos, mesmo durante a investigação, acusados continuam a movimentar recursos do crime
Ilustração de bandeira do Brasil dentro moeda de Bitcoin

Fundos cripto do Brasil captam mais R$ 1,5 mi e chegam a 21ª semana consecutiva de entradas

Vindo de uma grande sequência de captação, fundos de criptomoedas do Brasil estão em 3º lugar no ranking global, atrás apenas dos EUA e Hong Kong
simbolo do dolar formado em numeros

Faculdade de Direito da USP recebe evento da CVM sobre democratização dos mercados de capitais

Centro de Regulação e Inovação Aplicada (CRIA) da CVM vai a “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil” com transmissão ao vivo no Youtube