Vitalik Buterin na ETH Taipei 2024. Foto: Rug Radio
Vitalik Buterin na ETH Taipei 2024 (Foto: Rug Radio/Decrypt)

O fundador do Ethereum, Vitalik Buterin, está aconselhando as pessoas a “descentralizar sua própria segurança”, depois de participar de uma discussão no Twitter sobre o uso de cold wallets (carteiras offline).

Para provar seu ponto de vista, Buterin disse que mantém 90% de seus fundos em criptomoedas em uma carteira Safe de multiassinaturas (ou multisig).

Publicidade

“M-of-N, algumas chaves estão em sua posse (mas não o suficiente para bloquear a recuperação), o restante está em poder de outras pessoas em quem você confia”, escreveu ele. “Não revele quem são essas outras pessoas, nem mesmo umas para as outras”.

O “m-of-n” ao qual Vitalik Buterin se refere descreve uma das maneiras pelas quais carteiras multisig, ou multi-assinatura, podem ser configuradas.

A primeira variável refere-se ao número mínimo de assinaturas necessárias para assinar um contrato, gastando ou transferindo fundos da carteira. A segunda variável refere-se ao número total de possíveis signatários existentes para a carteira.

A conversa começou depois que um desenvolvedor e pesquisador, que atende pelo pseudônimo 0xkofi no Twitter, instou os traders de criptomoedas a pensarem em como seria devastador perder todos os seus fundos por não investirem em um armazenamento offline.

Publicidade

“Sua carteira de hardware será sua fortaleza da solidão”, escreveu Kofi. “Isso permitirá que você durma tranquilamente à noite. Irá protegê-lo para que possa sobreviver a este jogo o tempo suficiente para vencer”.

Mas nem todo mundo acredita que essa seja a maneira certa de proteger seu estoque pessoal de criptomoedas. Peter Watts, CEO da Uneven Labs e fundador da Reservoir, uma plataforma de desenvolvimento para lançamento de coleções de NFTs, destacou os riscos envolvidos dependo do tipo de carteira de hardware.

“Ao usar uma carteira de hardware, o maior risco passa a ser você mesmo”, escreveu ele, acrescentando que alguém pode encontrar uma palavra-chave privada escondida ou um usuário pode protegê-la tão bem que não conseguirá recuperá-la sozinho.

Foi então que Vitalik Buterin entrou na conversa para descrever como ele se certifica de que não é o único ponto de falha na segurança de sua carteira cold wallet.

Publicidade

Embora as carteiras multisig Safe (anteriormente Gnosis Safe) tenham sido frequentemente tratadas como um produto para ajudar DAOs (organização autônoma descentralizada) e outros grupos a gerenciar tesouros compartilhados, há muitos indivíduos que as usam de maneira semelhante a Vitalik Buterin.

“Atualmente, usuários individuais representam mais de 99% dos clientes da Safe, incluindo alguns notáveis ​​como Vitalik Buterin e Punk6529”, escreveu um colaborador representante da SafeDAO conhecido como Daniel no Twitter.

*Traduzido e editado com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração de uma lâmpada flamejando B de bitcoin

MB lança Fist, primeiro token de Renda Variável Digital no setor de energia elétrica

O investimento, disponível pela primeira vez para pessoa física, possui validade de 30 anos, com dividendos que variam de 0,9% a 1,2% ao mês
Imagem da matéria: Hacker da Gala Games devolve Ethereum após exploração de US$ 240 milhões

Hacker da Gala Games devolve Ethereum após exploração de US$ 240 milhões

Depois que 5 bilhões de tokens GALA foram cunhados e roubados na segunda-feira, a Gala Games recuperou parte dos fundos em ETH – e ainda está descobrindo o resto
Sam Bankman-Fried da FTX falando em vídeo

Criador da FTX vai mudar de presídio nos Estados Unidos

Transferência de presídio pode durar até um mês nos EUA, com o detento sendo levado para várias penitenciárias até chegar ao destino final
Imagem da matéria: Há 2 anos, LUNA caia para zero; relembre um dos dias mais caóticos do mercado cripto

Há 2 anos, LUNA caia para zero; relembre um dos dias mais caóticos do mercado cripto

Em maio de 2022, o ecossistema da Terra (LUNA) entrou em uma “espiral da morte” que levou uma das criptomoedas consideradas mais promissoras daquele ano a cair para zero em 24 horas