Imagem da matéria: Comercial de NFT no Super Bowl frustra audiência
Shutterstock

O Super Bowl do futebol americano, realizado na noite de domingo (12) não estava tomado por propagandas de criptoativos nesta edição, mas registrou um comercial de um jogo que funciona com NFTs. A peça publicitária apresentou um QR code na tela para uma mintagem de uma linha de 10 mil colecionáveis gratuitos.

O processo, no entanto, não funcionou da maneira que eles esperavam para vários espectadores — mas alguns, que conseguiram o NFT gratuito, estão conseguindo um bom lucro em negociações.

Publicidade

A startup de games Web3, Limit Break, disse que pagou US$ 6,5 milhões pelo comercial, que apresentou a mintagem gratuita dos NFTs Ethereum para o projeto de um jogo inspirado no estilo anime, chamado DigiDaigaku.

O comercial animado foi construído em torno de um código QR Code, o qual o anúncio afirmava que os telespectadores poderiam cunhar um NFT gratuito para o jogo.

Infelizmente, muitos telespectadores afirmaram que, ao escanear o  QR Code, eles eram redirecionados para o perfil do Twitter de Gabriel Leydon, o cofundador e CEO da Limit Break. A URL do site linkada no QR Code redirecionava as pessoas para a página do Twitter de Leydon depois de alguns segundos, então alguns usuários podem não ter visto o site da mintagem sendo carregado primeiramente, antes de serem redirecionados.

“Eu larguei tudo para assistir a propaganda de 30 segundos no Super Bowl que supostamente ia me deixar rico com uma mintagem gratuita,” tweetou uma personalidade do Twitter Cripto conhecida como ThreadGuy, “e tudo o que eu consegui foi uma oportunidade de seguir alguém no Twitter.”

Publicidade

Outros criticaram a jogada como uma forma de “ganhar engajamento” por parte de Leydon. Alguns afirmaram que Leydon tweetou o link da mintagem antes do comercial de fato rodar, enquanto outros reclamaram que o processo de mintagem não era fácil o suficiente — os usuários precisavam ter uma carteira Ethereum para reivindicar o NFT, potencialmente excluindo os recém-chegados no universo cripto e os telespectadores mainstream.

“O cara realmente pagou milhões em um anúncio no Super Bowl para vazar o link no Twitter antes e estragar a primeira experiência NFT do público leigo em criptos,” tweetou o YouTuber Popeye. “Isto poderia ter sido extraordinário se fosse um processo de entrada super fácil, sem a criação de carteiras, etc.”

Lucro com NFTs

Enquanto as reclamações rodavam a Internet, a Limit Break aparentemente deu pelo menos alguns dos 10 mil NFTs Ethereum prometidos para esta coleção DigiDaigaku — e esses NFTs gratuitos foram rapidamente negociados em mercados secundários enquanto o Super Bowl continuava.

De acordo com dados do marketplace de NFTs, OpenSea, os NFTs Dragon Eggs do DigiDaigaku estavam sendo negociados por mais de 0.5 ETH (cerca de US$ 750, ou R$ 3.800) logo após a mintagem, embora o preço tenha caído e subido novamente ao longo do jogo.

Publicidade

O preço mínimo — ou o preço mais baixo dos NFTs listados em um marketplace — caiu para perto de 0.32 ETH (cerca de US$ 485,00) no OpenSea durante o Show do Intervalo, mas cresceu de novo para perto dos 0.39 ETH (US$ 585,00) no momento. Cerca de 912 ETH (mais de US$ 1,3 milhões) já foram negociados desde que o comercial rodou na TV.

A flutuação de preços pode ter acontecido em parte por conta da incerteza sobre o anúncio de uma segunda onda de NFTs Dragon Eggs. Leydon tem tweetado sobre uma segunda chance para a mintagem de outros 5 mil NFTs, que os usuários podem se inscrever para mintar por meio do site do DigiDaigaku e retweetando um de seus tweets.

Não está claro ainda se esses NFTs fazem parte da coleção original de 10 mil NFTs ou serão adicionados ao total.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Por que a rede Ethereum de segunda camada Taiko está gastando US$ 100 mil por dia em Blobs

Por que a rede Ethereum de segunda camada Taiko está gastando US$ 100 mil por dia em Blobs

Taiko, uma rede de escalonamento de segunda camada da Ethereum, está gastando enormes quantias de dinheiro em blobs – mas isso é intencional
Pessoa olha para scanner da Worldcoin

Peru abre investigação contra Worldcoin por coleta de dados biométricos

Autoridades acompanham há quase um mês as sete operações da empresa que escaneia o rosto e a íris das pessoas em troca de tokens WLD
moeda cardano ADA com graficos ao fundo

Charles Hoskinson diz que hard fork ‘Chang’ será marco na história da Cardano

Agendado para este mês de junho, a atualização Chang levará a Cardano para a versão 9.0
Letras que formam a sigla ETF próximas a uma moeda dourada de Bitcoin (BTC)

ETFs de Bitcoin à vista chegam a 15 dias seguidos de fluxo positivo

Esta é a segunda maior sequência positiva dos ETFs de Bitcoin à vista nos EUA, que segunda tiveram entrada de US$ 105 milhões