Imagem da matéria: Com Visa e estímulo de Biden, Bitcoin dispara e volta aos US$ 40 mil
Foto: Shutterstock

O preço do Bitcoin deu um salto de 8% nas últimas 24 horas, chegando a US$ 40.415. A criptomoeda aumentou 16,21% na semana passada. No Brasil, o preço já se aproxima dos R$ 220 mil.

O Bitcoin está agora em seu preço mais alto desde a queda para US$ 31.500 em 27 de janeiro. Essa queda foi uma correção após o preço bater sua máxima histórica de US$ 41.946 em 8 de janeiro.

Publicidade

O volume de negociação de 24 horas do Bitcoin atingiu hoje US$ 74,3 bilhões, um aumento de 17,34% em relação aos US$ 61 bilhões de ontem.

O movimento acontece em um momento que investidores esperam estímulos do governo americano para reaquecer a economia pós pandemia. Com a ação do governo, é esperado uma desvalorização do dólar, beneficiando o bitcoin.

Nesta semana, a gigante dos serviços financeiros globais Visa anunciou que as criptomoedas poderão ser executadas diretamente na rede da Visa no futuro. Na quinta-feira (28), em uma teleconferência em que apresentou os resultados fiscais do 1º trimestre de 2021, Kelly tirou alguns minutos de sua declaração introdutória para falar especificamente sobre criptomoedas e oportunidades no setor. Ele citou o fato de a Visa ser a maior marca de serviços financeiros do segmento por causa de sua parceria com 35 plataformas e carteiras.

“Nesse espaço, vemos formas de agregar valor diferenciado ao ecossistema”, disse Kelly. “E acreditamos que estamos posicionados de forma única para ajudar a tornar as criptomoedas mais seguras, úteis e aplicáveis para pagamentos por meio de nossa presença global, nossa abordagem de parceria e nossa marca confiável.”

Publicidade

“Trata-se de uma inovação emergente em pagamentos que poderia ter potencial para ser usada no comércio global, como qualquer outra moeda fiduciária”, disse Kelly. “Pensamos nas moedas digitais em execução em blockchains públicas como redes adicionais, como as redes RTP ou ACH. Portanto, as vemos como parte de nossa estratégia de redes”.

ETH e XRP também estão em alta

O preço do Ethereum também opera em forte alta e é negociado em uma nova máxima histórica de US$ 1.720, com um aumento diário de 1,82% e um aumento semanal de 25,42%.

O XRP atingiu US$ 0,43 hoje, um aumento de 0,14% nas últimas 24 horas. A criptomoeda aumentou 44,91% esta semana.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin se mantém em US$ 63 mil enquanto Mt. Gox move US$ 2,8 bilhões

Manhã Cripto: Bitcoin se mantém em US$ 63 mil enquanto Mt. Gox move US$ 2,8 bilhões

Especialistas estão confiantes na capacidade do mercado absorver qualquer pressão de venda que possa vir dos credores da Mt. Gox
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Bernstein reitera previsão de Bitcoin em US$ 200 mil até final de 2025

Previsão já havia sido feito em junho e os analistas apontam que a tendência recente de queda do Bitcoin não mudou esse cenário
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin cai 5% para US$ 54 mil com início dos pagamentos da Mt. Gox

Manhã Cripto: Bitcoin cai 5% para US$ 54 mil com início dos pagamentos da Mt. Gox

O preço do Bitcoin chegou a atingir US$ 53.898 após uma carteira da Mt. Gox transferir US$ 2,7 bilhões
Jamie DImon, CEO do JP Morgan

Crítico do Bitcoin, CEO do JP Morgan é cotado por Trump para assumir Tesouro dos EUA

Dimon poderia ser o Secretário do Tesouro ideal, de acordo com o candidato presidencial republicano Donald Trump