Imagem da matéria: "Estamos investigando o preço do Bitcoin na NegocieCoins", diz CoinMarketcap
(Foto: Divulgação)

O CoinMarketCap deixou de usar o preço da exchange brasileira NegocieCoins no cálculo do preço geral do Bitcoin na ferramenta.

Ao lado do preço o mais caro dentre as 50 primeiras posições de US$ 6.203,80 (no momento da redação) da corretora do grupo Bitcoin Banco agora fica colado um asterisco. No rodapé da página, está a explicação: significa que o preço foi excluído. Dentre as 400 corretoras listadas, 10 estão na mesma situação.

Publicidade

Questionado pelo Portal do Bitcoin, o CoinMarketCap disse, por email, o seguinte: “No momento, estamos investigando porque o preço deles é tão diferente das outras exchanges, e estamos o excluindo neste meio tempo”.

A reportagem também entrou em contato com a assessoria de imprensa da NegocieCoins, mas até o momento da publicação não houve resposta.

Ações do CoinMarketCap

No início do mês, o CoinMarketCap revelou que está formando uma aliança com grandes exchanges para uma ação contra manipulação de dados e aumento da transparência.

A empresa aproveitou uma nota referente ao 6º aniversário da empresa, publicada na quarta-feira (01), e anunciou o lançamento do Data Accountability & Transparency Alliance (DATA), que traduzido fica ‘Aliança de Transparência e de Responsabilidade de dados’.

Publicidade

Dentre os vários assuntos abordados em relação ao crescimento da empresa, a nota diz que a criação do DATA deu-se após o crescente discurso na mídia sobre supostos falsos volumes de exchanges.

A empresa afirmou que isso não se trata de um problema trivial para resolver, pois decisões impensadas podem trazer consequências inesperadas.

Com a ação, o Coinmarketcap quer promover maior transparência, responsabilidade e divulgação de projetos no mercado de criptomoedas e, junto com as exchanges, definir um padrão que vai abrir caminho para prestação de contas.

O site de rankings explicou que a ação vai acontecer em três fases: a entrega de dados pelas exchanges até 14 de junho; aumentar o fornecimento de dados e métricas aprimorados, visando aumentar os tipos de dados disponíveis para análise; criação de um canal específico para avaliação de projetos de criptomoedas.

Publicidade

Na primeira fase, por exemplo, a Aliança vai exigir que todas as exchanges listadas em sua plataforma forneçam dados de negociações online. Caso isso não aconteça, as plataformas serão removidas dos cálculos de volume ajustados no site.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Ao todo, vítima gastou quase R$ 5 milhões nos pagamentos: além do envio de Bitcoin, foram 40 depósitos bancários
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Análise: o preço do Bitcoin está novamente sendo ditado pela política do Fed

“Análise dos últimos 40 dias revela uma maior alinhamento com as expectativas de taxa de juros para junho”, diz firma de análises CoinShares