Imagem da matéria: Resultados ruins e críticas de investidores fazem ações da Coinbase despencarem 20%
(Foto: Shutterstock)

“ALERTA DE SCAM. Fechem suas contas da Coinbase e fujam”. A frase, publicada no Twitter na noite de terça-feira (10), é do veterano do mercado de ações, Peter Brandt, criticando os números do balanço patrimonial da corretora de criptomoedas americana no primeiro trimestre, divulgados pouco antes. A empresa, listada em bolsa, registrou um prejuízo líquido de US$ 430 milhões no período – e, como resultado, suas ações desabam no pregão desta terça-feira, com queda na faixa dos 20% na abertura dos negócios.

Brandt descreveu um movimento que, segundo ele, pode correr se a Coinbase falir: “1. Você compra e mantém $ BTC na Coinbase; 2. Coinbase vai à falência; 3. Seus Bitcoins não pertencem mais a você”.

Publicidade

Após os rumores que quebra, o CEO da Coinbase, Brian Armstrong, teve que ir a público. Pelo Twitter, ele avisou: “Não temos risco de falência “ e “Seus fundos estão seguros na Coinbase, assim como sempre estiveram”.

Armstrong explicou que a empresa incluiu em relatório enviado à SEC – a comissão que fiscaliza o mercado de investimentos dos EUA – um novo fator de risco, baseado em um requisito da própria SEC. “É uma divulgação recentemente exigida para empresas públicas que detêm criptoativos para terceiros”. E acrescentou que seus clientes têm proteções legais em seus termos de serviço que protegem seus ativos, mesmo em um momento como esse.

Buraco crescente

O tamanho do prejuízo da exchange foi inesperado, pois os analistas previam que os lucros estariam próximos do ponto de equilíbrio, segundo o Decrypt. A Coinbase divulgou que obteve US$ 1,17 bilhão em receita — bem abaixo dos US$ 2,5 bilhões obtidos no quarto trimestre e muito abaixo das previsões dos analistas, que esperavam vendas na faixa de US$ 1,5 bilhão.

Os resultados fizeram com que as ações da Coinbase, que haviam fechado o pregão em torno de US$ 73, caíssem para US$ 62 em negociações após o expediente e são negociadas ao redor de US$ 57 no início do pregão nesta terça.

Publicidade

É um preço muito distante do lançamento na bolsa, que foi de US$ 350. A Coinbase também perdeu seu volume de negociações, que caiu de 11,4 milhões, anotados no último trimestre de 2021, para 9,2 milhões no primeiro trimestre de 2022.

Segundo o Decrypt, o vice-presidente de Relações com Investidores da Coinbase, Anil Gupta, foi otimista quando falou à reportagem. Ele disse que a Coinbase está bem posicionada para enfrentar a atual crise e não pretende mudar sua direção estratégica.

“Não temos pista infinita, mas temos bastante gasolina no tanque”, disse Gupta, acrescentando que não tem planos de demissões entre seus quase 5.000 funcionários.

Sobre o alerta de Brandt no Twitter, Armstrong disse que a Coinbase oferece uma solução de carteira de auto-custódia (Coinbase Wallet) para aqueles que preferem armazenar suas próprias criptomoedas. “Nosso objetivo é criar as melhores soluções de custódia e autocustódia em criptografia — cada uma traz seus próprios riscos e benefícios, e é importante”.

VOCÊ PODE GOSTAR
Equipamento de mineração com CPU em uma mesa de escritório com sinal luminoso do Bitcoin atrás

Dificuldade de mineração do Bitcoin bate recorde em último ajuste antes do halving

Recorde significa que mineradores estão correndo para garantir a recompensa de 6,25 BTC por bloco antes do halving
Imagem da matéria: Berachain: a mais recente rival de Ethereum e Solana que arrecadou muito dinheiro

Berachain: a mais recente rival de Ethereum e Solana que arrecadou muito dinheiro

Fundada por desenvolvedores com nomes com temas de urso, Berachain é construída no Cosmos SDK e pretende ser a próxima grande cadeia de camada 1
Imagem da matéria: Solana encontra solução para lentidão e apressa validadores a atualizar "o mais rápido possível"

Solana encontra solução para lentidão e apressa validadores a atualizar “o mais rápido possível”

Os desenvolvedores da Solana criaram uma correção para o congestionamento e pedem ajuda dos validadores nos testes
Tigran Gambaryan, chefe de compliance da Binance, posa para foto

Executivo da Binance que fugiu da Nigéria é localizado e pode ser extraditado

Autoridade queniana disse que não é simplesmente prender, pois Nadeem Anjarwalla é de família influente que “tem o apoio de algumas pessoas poderosas”