Imagem da matéria: Cofundador do Paypal investe em startup de criptomoedas; Empresa arrecadou R$ 8,5 milhões

O bilionário Peter Thiel, cofundador do Paypal, foi um dos investidores que apoiaram a captação de US$ 2,1 milhões (cerca de R$ 8,5 milhões) pela Layer1, uma plataforma de investimento e infraestrutura em criptomoedas, reportou o Business Wire.

Além do foco em criptomoedas, aplicações e armazenamento de valor, a empresa também possui um fundo de investimentos focado em promissores protocolos de blockchain a fim de criar soluções com impactos globais a partir desses códigos.

Publicidade

Thiel, no entanto, não foi o único a acreditar no projeto. A empresa de capital de risco com foco em moeda digital, Digital Currency Group, e o investidor americano Jeffrey Tarrant também apostaram suas fichas na Layer1.

“Criptomoedas, como protocolos de código aberto, oferecem oportunidades sem precedentes para as empresa de forma a agregar um valor significativo, muito diferentes das possibilidades disponíveis nas classes de ativos tradicionais”, disse Alexander Liegl, cofundador de Layer1.

A reportagem revelou, ainda, que a empresa está extremamente envolvida com a ‘Grin’, uma criptomoeda com foco em privacidade que deve ser lançada em 15 de janeiro de 2019.

Uma evidência de que a Layer1 também pode explorar o setor de mineração de criptomoedas ficou visível quando a empresa publicou uma vaga de emprego para o cargo de Engenheiro de mineração.

Outros investimentos

Thiel já apostou várias vezes em startups de criptomoedas. Em maio deste ano ele investiu US$ 15 milhões (cerca de R$ 55 milhões na época) em uma empresa de Nova York que estava em estágio inicial, a Tagomi Systems.

Publicidade

Projetos de tokenização, como a Harbour, empresas como Polychain Capital e Metastable Capital e até mesmo a gigante Facebook já receberam investimentos do bilionário, que é um exímio entusiastas do bitcoin.

Tanto, que seus discursos sempre são lembrados pela mídia e também pela comunidade das criptomoedas. Uma de suas frases mais famosas é a seguinte:

“Em última análise, haverá apenas uma criptomoeda equivalente ao ouro, e o bitcoin, como a ‘maior’, triunfará”.

Peter Thiel em evento no Brasil

Durante sua participação no seminário internacional “5º Fórum Liberdade e Democracia”, que aconteceu em agosto deste em São Paulo, Thiel disse que as “criptomoedas eram necessárias para descentralizar o mundo.

Na ocasião, o empreendedor americano foi entrevistado por David Vélez, fundador da fintech Nubank. O título do painel era “As armadilhas de empreender no Brasil”.

Publicidade

Durante a conversa, Thiel afirmou que o futuro que ele deseja para a internet mundial é descentralizado.

“Eu diria que o pêndulo voltou para a visão dos anos 60, quando se pensava que haveria mais centralização, computadores gigantescos, empresas gigantescas, governos inflados com acesso a informações que nem mesmo sabemos sobre nós”.

Neste horizonte, para ele as criptomoedas podem desempenhar um papel fundamental, observando:

“Temos que nos concentrar mais na descentralização para que o mundo seja menos centralizado, menos globalizado, e para que exista menos vigilância do estado com mais privacidade”.


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
HANDS, memecoin, mãos, rug pull,

Criador de memecoin disse que não tinha mãos, então não conseguiria “puxar o tapete” — ele mentiu

“NoHandsNoRug”, o criador da memecoin HANDS, disse que não aplicaria um rug pull. Adivinha o que aconteceu em seguida?
Imagem da matéria: O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

Fabrício Tota, diretor do MB, discutiu no Ethereum Rio como empresas podem tirar o máximo proveito da tecnologia blockchain através da tokenização
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin cai para US$ 60 mil; Trump defende criptomoedas e faz memecoin subir 155%

Manhã Cripto: Bitcoin cai para US$ 60 mil; Trump defende criptomoedas e faz memecoin subir 155%

No Brasil, investidores reagem à decisão do Copom de reduzir em 0,25 ponto percentual a taxa básica de juros (Selic)
miniatura de homem sob pulpito e moeda gigante de bitcoin ao lado

Brasileiros não podem usar criptomoedas para fazer doações nas eleições municipais

A Procuradoria-Geral da República explicou as regras de doações para as eleições municipais de 2024