Imagem da matéria: Pesquisa: 20% dos Clientes Financeiros da Thomson Reuters Miram Mercado de Criptomoedas
(Foto: Shutterstock)

Um em cada cinco clientes do setor financeiro atendidos pela Thomson Reuters, especializada em notícias e dados econômicos, considera ingressar na negociação de criptomoedas ainda este ano. “O resultado nos surpreendeu muito”, disse à Coindesk Sam Chadwick, diretor de novas iniciativas de conteúdo da empresa.

A Thomson Reuters pesquisou mais de 400 clientes em suas plataformas de dados e negociação, incluindo Eikon, REDI, FXall e Elektron. Destes, cerca de 20% estavam “realmente interessados ​​e explorando ativamente” as operações de criptomoeda em 2018, afirmou o executivo.

Publicidade

De acordo com um comunicado enviado à imprensa, 70% das empresas pesquisadas têm planos de começar a negociar dentro de três a seis meses, enquanto outros 22% pretendem começar em seis a 12 meses.

“Esta é uma grande mudança em relação a um ano atrás”, disse Neill Penney, vice-presidente de negociação da Thomson Reuters, no comunicado.

Chadwick enfatizou a mudança de comportamento do mercado. Um ano atrás, disse à Coindesk, “enquanto estávamos engajando clientes, nenhum deles tinha interesse particular em criptomoedas”. Estavam interessados ​​no “lado do blockchain, contratos inteligentes”.

O tráfego pelo sistema da Thomson Reuters evidencia a mudança. Segundo Chadwick, o movimento na categoria câmbio internacional da Eikon (plataforma da Reuters que oferece ferramentas de análise financeira), o movimento destinado à página das criptomoedas só perde para o euro.

Publicidade

Por conta disso, o painel da Thomson Reuters foi complementado com as cotações de moedas como ether, litecoin, bitcoin cash e Ripple’s XRP, além dos preços no mercado futuro de bitcoin e os índices da CryptoCompare.

Criptomoedas com melhor desempenho

De acordo com Chadwick, o maior interesse dos clientes entrevistados é em torno das moedas com melhor desempenho – e em menor grau nas ofertas de tokens (ICOs), nas chamadas “moedas de privacidade”, como zcash e monero e por intermédio de instrumentos como ETFs.

Os nomes dos clientes interessados no mercado de criptomoedas não foi revelado mas, segundo Chadwick, gestores de ativos, fundos hedge e algumas meses de operação de grandes bancos estão no grupo.

Questionado sobre as possíveis motivações para tamanho interesse, Chadwick especulou que, além dos possíveis ganhos com as oscilações de preço, é possível que tais agentes estejam dispostos a ganhar experiência – uma vez que o mercado atual antecipa uma série de novos instrumentos. “Se essas organizações não tiverem competência para negociar ativos de criptografia, elas serão bloqueadas em um segmento amplo”, disse.

Publicidade

Leia também: Presidente do BC do Brasil Recua e Muda o Tom nas Críticas ao Bitcoin

 

BitcoinTrade

A primeira plataforma Brasileira que você pode comprar com segurança utilizando o seu Cartão de Crédito como forma de pagamento. Eles aceitam Visa e Mastercard. A BitcoinTrade ainda conta com certificação de segurança PCI Compliance, a única no Brasil. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

MPF faz nova denúncia contra donos da Braiscompany e doleiro por lavagem de dinheiro

Antônio Neto e Fabrícia Farias realizaram operações financeiras de grande porte com características de lavagem de dinheiro em pleno colapso da pirâmide
Imagem da matéria: EUA acusam  2 chineses de lavarem US$ 73 milhões em esquema com criptomoedas

EUA acusam 2 chineses de lavarem US$ 73 milhões em esquema com criptomoedas

O Departamento de Justiça acusou Daren Li e Yicheng Zhang de orquestrar um esquema com criptomoedas de “abate de porcos”
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns
Vitalik Buterin criador do Ethereum

A proposta de taxas de gás de Vitalik Buterin tornará o Ethereum mais parecido com a Solana?

Vitalik propõe “taxas de gás multidimensionais” e afirma que é uma busca para um sistema mais personalizado e equitativo