Imagem da matéria: Chineses já podem se inscrever em bancos para ter carteiras de Yuan Digital
Foto: Shutterstock

Cidadãos de Pequim e Xangai agora podem se inscrever em um dos seis bancos estatais chineses para uma carteira de Yuan Digital, de acordo com o jornal chinês Securities Times.

Os seis bancos em questão são o Banco das Comunicações, o Banco de Poupança Postal da China, o Banco Industrial e Comercial da China, o Banco de Construção da China, o Banco Agrícola da China e o Banco da China.

Publicidade

A mudança faz parte de um impulso mais amplo por parte do governo chinês em direção a um yuan digital, também conhecido como DCEP.

Crescimento da moeda digital da China

A China está na vanguarda mundial das moedas digitais. Em novembro do ano passado, mais de 2 bilhões de yuans digitais já haviam sido gastos em cerca de 4 milhões de transações separadas; na época, isso equivalia a aproximadamente US$ 300 milhões. Isso foi o subproduto de anos de esforços concentrados em nome do governo chinês para abraçar as moedas digitais.

O caminho da China em direção ao yuan digital começou em 2014, quando Xiaochuan Zhou, então governador do Banco Popular da China, estabeleceu um Instituto de Pesquisa de Moeda Digital. Em 2020, a China emitiu 10 milhões de yuans digitais para cidadãos de Shenzhen.

Agora, os cidadãos de Pequim e Xangai podem simplesmente solicitar uma carteira digital de yuans, potencialmente abrindo o mercado de moeda digital para muito mais partes interessadas.

Publicidade

Essas iniciativas contrastam fortemente com os Estados Unidos, que – embora tenha interesse próprio no dólar digital – adotou uma abordagem mais cautelosa. Em outubro de 2020, o presidente do Banco Central dos Estados Unidos, disse: “Temos uma população altamente bancarizada, de modo que muitos – embora não todos – já tenham acesso ao sistema de pagamentos eletrônicos”, acrescentando: “Achamos que é mais importante fazer direito do que ser o primeiro. ”

No entanto, os EUA estão observando o avanço da China em direção a uma moeda digital com interesse; em julho de 2020, uma audiência do Senado dos EUA foi convocada para discutir como um dólar digital poderia manter a posição do dólar dos EUA como moeda de reserva mundial, em face da crescente influência da China.

Um especialista da área teria dito ao Securities Times que a carteira digital da China é de “grande importância para os consumidores individuais”, porque não precisa necessariamente ser restringida por um cartão do banco. Em vez disso, é uma alternativa real aos sistemas de pagamento de terceiros.

No entanto, também de acordo com o Securities Times, nem todos os candidatos serão bem-sucedidos em sua busca por uma carteira digital em yuans.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co
VOCÊ PODE GOSTAR
Fazenda de Mineração de criptomoedas Salto del Guairá Paraguai -ANDE

Paraguai usa inteligência artificial para encontrar fazenda ilegal de mineração de Bitcoin

Autoridades apreenderam 176 ASICs em Saltos de Guairá com ajuda de sistema que mede a tensão de redes elétricas
Cristiano Ronaldo veste camisa da Binance

Cristiano Ronaldo lança nova coleção de NFTs enquanto é alvo de processo de US$ 1 bilhão com a Binance

O anúncio do jogador chega 27 dias depois de os EUA condenarem o criador da Binance, Changpeng “CZ” Zhao, a 4 meses de prisão
trader segura moeda de bitcoin em frente a grafico em computador

Bolsa de Chicago planeja lançar negociação de Bitcoin à vista, diz jornal

O objetivo é capitalizar a crescente demanda este ano entre os gestores de Wall Street para ganhar exposição ao setor de criptomoedas
bitcoin brilhando na mão

Semler Scientific investe US$ 40 milhões em Bitcoin e ações disparam 25%

As ações da Semler Scientific subiram 25% após a entidade anunciar a adoção do Bitcoin como principal ativo de reserva do tesouro