Imagem da matéria: China Proíbe Executivos de Exchanges de Sair do País

Os reguladores proibiram os executivos das exchanges de bitcoin de sair do país, enquanto os funcionários continuam a sua repressão no mercado de criptomoedas e potencialmente se preparam para lançar um token digital controlado pelo banco central.

De acordo com um relatório da Beijing News, os executivos chineses das casas de câmbio de bitcoin estão impedidos indefinidamente de viajar fora do país para garantir que eles “cooperem com a investigação”. Parece que a restrição se estende aos executivos de todas as exchanges chinesas de bitcoin, mas os detalhes não estão claros.

Publicidade

De acordo com uma tradução aproximada do relatório, todos os executivos, acionistas e operadores devem permanecer na China para auxiliar os pesquisadores durante o “período de limpeza”:

Muitas fontes informadas revelaram que, atualmente, vários executivos das plataformas de negociação não podem deixar Pequim para cooperar com a investigação. De acordo com os requisitos regulamentares, os acionistas das plataformas de negociação, o controlador atual, … e os executivos devem cooperar plenamente com o trabalho relevante em Pequim neste período de limpeza.

Este relatório acrescenta à saga em desenvolvimento da repressão cada vez mais abrangente da China em relação às criptomoedas. O que começou como uma proibição das ofertas iniciais de moedas (ICOs) se estendeu não apenas para todas as exchanges localizadas no país, mas também para plataformas de negociação peer-to-peer, como a BitKan. Isso é significativo, porque os serviços comerciais do mercado de balcão (OTC) experimentaram um aumento notável no comércio relacionado ao yuan na semana seguinte à proibição das exchanges. Embora ainda não confirmados, também surgiram indícios que sugerem que os reguladores irão em direção aos mineradores e até bloquear os residentes chineses de acessar exchanges de outros países.

Enquanto isso, um pesquisador com vínculos com o banco central chinês confirmou as solicitações do governo para adotar uma criptomoeda respaldada pelo Estado “sob os auspícios do banco central o mais rápido possível”, alimentando a especulação de que a repressão das criptomoedas é uma pretensão para lançar sua própria moeda digital centralizada.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Tokens Titãs: Revelando os players mais poderosos no cenário cripto gamer em 2024

Tokens Titãs: Revelando os players mais poderosos no cenário cripto gamer em 2024

Entre os tokens de jogo melhor classificados estão Immutable (IMX), Gala (GALA), Axie Infinity (AXS), Sandbox (SAND) e KangaMoon (KANG)
Imagem da matéria: O que é o Notcoin? Conheça o jogo baseado em Telegram, o token NOT e os planos futuros

O que é o Notcoin? Conheça o jogo baseado em Telegram, o token NOT e os planos futuros

Notcoin é um jogo baseado no Telegram que nos últimos meses acumulou um total de 35 milhões de jogadores
Ilustração de bandeira do Brasil dentro moeda de Bitcoin

Novo estudo do LAPIN apresenta melhores práticas para regulação de criptomoedas no Brasil

White paper feito pelo LAPIN com apoio da Ripple traz diversos pontos e dados para ajudar na regulação do setor de criptomoedas brasileiro
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin sobe 2% e recupera os US$ 65 mil; Bitso lança campanha para vítimas das chuvas no RS

Manhã Cripto: Bitcoin sobe 2% e recupera os US$ 65 mil; Bitso lança campanha para vítimas das chuvas no RS

No final de semana, o Bitcoin atingiu a marca de um bilhão de transações processadas desde o seu lançamento