Terra Network, LUNA, criptomoedas, blockchain
(Foto: Shutterstoock)

O trader de criptomoedas Sensei Algod está tão decidido sobre sua opinião negativa sobre LUNA, o token nativo da rede Terra, que decidiu apostar US$ 1 milhão.

“Quem quer fazer uma aposta de US$ 1 milhão de que o preço de LUNA irá cair mais daqui a um ano?”, tuitou ele na semana passada.

Publicidade

“Legal. Estou dentro”, respondeu Do Kwon, CEO e cofundador do Terraform Labs, a empresa responsável por Terra, apostando US$ 1 milhão que o preço do token LUNA vai ultrapassar US$ 88 em 14 de março de 2023.

A dupla concordou em escolher Cobie, um dos apresentadores do podcast cripto UpOnly, como seu agente de custódia.

Cada um transferiu US$ 1 milhão na stablecoin tether (USDT) para um endereço Ethereum, que a Etherscan agora identifica como “Cobie: segurador da aposta LUNA”. Cobie tuitou:

Todos estão se perguntando sobre “o que acontecerá se Cobie morrer durante a aposta”, mas a verdadeira pergunta é… Eu posso ficar com o dinheiro se Do, Algod e GCR [“GiganticRebirth”] morrerem durante a aposta?

Neste momento, LUNA está sendo negociado a US$ 88, segundo dados do site CoinMarketCap. É a sétima maior criptomoeda, com uma capitalização de mercado de US$ 33,5 bilhões.

Publicidade

Porém, apesar da recente atividade positiva do token, Sensei Algod acredita que a ação de preço não reflete suas principais preocupações em relação ao projeto.

A grande aposta: LUNA, do Terra

UST, a stablecoin nativa do Terra e que possui lastro no dólar americano, mantém sua estabilidade por meio de um mecanismo de conversão, onde traders vendem 1 UST em troca de US$ 1 equivalente em LUNA a qualquer momento.

Quando UST cai abaixo de seu lastro de US$ 1, surge uma oportunidade de arbitragem. Traders espertos podem aproveitar e negociar esse UST em desconto em troca de LUNA, gerando um lucro.

Isso ajuda a manter o lastro de UST ao dólar americano, pois toda vez que se compra UST e o converte em LUNA, o protocolo Terra destrói essas stablecoins retirando-as de circulação. Isso significa que existe uma pressão de venda “spot” para UST, bem como um fornecimento decrescente.

Publicidade

Por outro lado, quando UST ultrapassar seu lastro, surge um trade similar de arbitragem. Para aproveitar essa vantagem, traders compram LUNA e o convertem em UST. Esse processo destrói LUNA e emite mais UST.

Ambas as forças ajudam a manter a stablecoin próxima de seu lastro.

Em uma série de tuítes publicados em 16 de fevereiro, Sensei Algod argumentou que, já que agora existem mais USTs do que antes, a criptomoeda LUNA não será capaz de sustentar seu preço a menos que Terra mude seu modelo.

“Basicamente, 11,7 [bilhões de] UST são respaldadas por livros de oferta de LUNA. No melhor dos casos, pode sustentar uma venda de 1 a 2 bilhões agora. Por enquanto, direcionaram a demanda com a APY [porcentagem de rendimento anual] fixa de 20% que surgiu do além, que é algo insustentável”, disse ele, se referindo ao Anchor Protocol, onde depósitos na stablecoin UST concedem uma APY de 19,45% a investidores.

Concessão e tomada de empréstimos em UST no Anchor Protocol (Imagem: Anchor)

“O que ‘lunáticos’ esperam é que a demanda continuará excedendo a oferta infinitamente. No momento em que a oferta exceder a demanda, as pessoas vão entrar em pânico e iniciar o resgate em massa de UST por LUNA e [convertê-lo em] USDT. Isso faz você lembrar de algo? (cof cof ponzi)”, tuitou.

Sensei Algod chamou LUNA de “o bitconnect desse ciclo de alta” em outro tuíte, referindo-se ao mais infame esquema ponzi da indústria cripto que foi à falência em 2018.

Publicidade

Kwon também ofereceu outra aposta a Sensei Algod para reforçar sua demonstração de confiança na rede Terra.

“Além disso, estaria feliz em apostar que UST não estará sem lastro nesta época no ano que vem. Eu até te vou te dar uma chance de 2:1”, disse Sensei; Algod ainda não respondeu ao tuíte.

Mas se a segunda aposta for aceita, pode haver outra aposta ainda maior.

Kwon concordou em apostar US$ 10 milhões com o trader cripto Gigantic Rebirth (ou GCR), sob as mesmas condições, e GCR aceitou.

O criador de conteúdo Gabriel Haines tuitou:

Bom dia, CriptoTwitter.

Hoje, Sensei Algod e Do Kwon apostaram US$ 1 milhão cada um no preço do LUNA daqui a um ano.

O [esquema] ponzi irá proliferar ou implodir? Fiquem atentos.

Para o restante de nós que não tem um milhão para apostar em nossas firmes convicções sobre cripto, a aposta desta segunda-feira (14) garante que, pelo menos, haverá entretenimento gratuito no ano que vem.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 62 mil em dia de quedas generalizadas; Dogwifhat desaba 12%

Manhã Cripto: Bitcoin recua para US$ 62 mil em dia de quedas generalizadas; Dogwifhat desaba 12%

As quedas resultaram em liquidações de US$ 148 milhões no mercado de criptomoedas nas últimas 24 horas
Pessoa inserindo chip no celular

Justiça manda TIM pagar R$ 21 mil a cliente que teve celular clonado e perda de criptomoedas

A partir da clonagem do celular, os invasores tiveram acesso ao email e posteriormente a uma carteira cripto na Binance
hackers em frente a computadores

Exchange de criptomoedas Rain perde US$ 14,8 milhões em ataque hacker

A exchange disse que já tomou as medidas necessárias e que todas as sua atividades estão funcionando normalmente, inclusive saques
Ilustração de uma lâmpada flamejando B de bitcoin

Parceria em tokenização entre Mercado Bitcoin e Bolt Energy democratiza acesso ao setor de energia

A parceria entre as empresas teve início em 2022