Larry Fink em entervista ao Fox Bussiness
Larry Fink em entervista ao Fox Bussiness (Reprodução/YouTube)

O CEO da BlackRock, Larry Fink, tem se mostrado otimista acerca do dilema da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) sobre o conceito do Ethereum (ETH), se é ou não um valor mobiliário, e se isso compromete a aprovação de ETFs de ETH à vista nos EUA.

Durante uma entrevista ao Fox Business na quarta-feira (27) ele foi perguntado se, mesmo que a SEC designe a segunda maior criptomoeda do mundo como um valor mobiliário, ainda seria possível listar um ETF de Ethereum à vista, ao que ele respondeu: “Acho que sim”.

Publicidade

Quando questionado se um fundo Ether estaria próximo, Fink disse: “Vamos ver, o pedido está lá”.

Até o momento, pelo menos oito potenciais emissores de ETF de Ethereum apresentaram seus pedidos à SEC, cuja decisão final é prevista para o dia 23 de maio, que é a data que o órgão estima para responder ao pedido de criação do produto feito pela VanEck.

E a SEC já pode estar analisando a questão nesse momento. Na semana passada, a Fortune afirmou que o regulador estaria conduzindo uma campanha junto a empresas em busca de classificar o Ethereum como valor mobiliário. Na ocasião, a publicação disse que recebeu tais informações de instituições que foram procuradas pela SEC.

Indo de encontro ao otimismo de Larry Fink, alguns especialistas do setor cripto preveem que os pedidos não serão aprovados, independentemente se o Ethereum for classificado como valor mobiliário ou commodity.

No início deste mês, por exemplo, analistas da Bloomberg especializados em ETFs de criptomoedas disseram que a expectativa para a aprovação de um ETF à vista de Ethereum nos EUA havia diminuído para 35%.

Publicidade

Para Eric Balchunas, por exemplo, todos os sinais que o deixaram otimista para aprovação do ETF de Bitcoin à vista “não estão presentes desta vez”. Em janeiro, o analista do Bloomberg estimava que a possibilidade de aprovação do ETF de Ethereum estava na casa dos 70%.

“Esse ciclo do ETF de Ethereum parece o oposto do que ocorreu com o Bitcoin. Quanto mais vemos ou ouvimos, menos otimista ficamos”, comentou também o analista James Seyffart em um post no X.

ETF de Bitcoin da BlackRock

Larry Fink também fez comentários sobre os ETFs de Bitcoin à vista da BlackRock, o iShares Bitcoin Fund (IBIT), no mercado desde janeiro deste ano, e afirmou estar “muito otimista” com o preço do BTC.

“O IBIT é o ETF de crescimento mais rápido na história dos ETFs. Olha, estou muito otimista quanto à viabilidade do Bitcoin a longo prazo. Estamos criando agora um mercado que tem mais liquidez, mais transparência, e estou agradavelmente surpreso, e nunca teria previsto isso antes”.

VOCÊ PODE GOSTAR
Ilustração de correntes ilustradas com pequenos zeros e uns

Degen Chain: a rede de camada 3 que está chamando atenção com a febre das memecoins

Novidade no mercado, a Degen foi construída na Base, uma rede de camada 2 do Ethereum, e já tem tido uma forte alta no número de transações
Imagem da matéria: Entenda os planos do governo para mudar a tributação de criptomoedas no Brasil

Entenda os planos do governo para mudar a tributação de criptomoedas no Brasil

Caso a lei seja aprovada, os ganhos com criptomoedas serão tributados por meio do sistema de alíquota de renda variável
Imagem da matéria: Dogwifhat (WIF) cai 15% em meio à fase de baixa das memecoins

Dogwifhat (WIF) cai 15% em meio à fase de baixa das memecoins

Dogwifhat (WIF) caiu dois dígitos durante a noite e continua a se distanciar de sua máxima histórica
Imagem da matéria: Ripple vai lançar sua própria stablecoin lastreada ao dólar

Ripple vai lançar sua própria stablecoin lastreada ao dólar

Em seu lançamento, a stablecoin da Ripple estará disponível nas blockchains XRP Ledger e Ethereum, com planos de expansão