Imagem da matéria: Carrefour quer rastrear 20% dos seus produtos com blockchain até 2020
(Foto: Shutterstock)

A gigante varejista Carrefour quer rastrear 20% de seus produtos por meio da tecnologia blockchain até 2020, segundo o The Next Web.

De acordo com a reportagem, a empresa já implantou a tecnologia Blockchain no sistema de vários produtos desde o ano passado, quando se juntou à plataforma IBM Food Trust.

Publicidade

O IBM Food Trust é uma solução executada na nuvem da IBM. A base da tecnologia depende do Hyperledger Fabric, uma estrutura blockchain de código aberto hospedada pela Linux Foundation.

Com o novo sistema, os consumidores podem receber informações confiáveis ​​e imutáveis da cadeia de suprimentos e de como é produzido o produto apenas digitalizando o código QR na embalagem com um smartphone conectado à internet.

Os dados incluem a data e local de produção, com é feito o controle de qualidade, validade do produto e até mesmo a localização das fazendas ou qualquer lugar onde parte ou todo o processo tenha sido conduzido.

Segundo o site, o Carrefour já rastreia 20 dos 300 produtos com sua própria marca e esse número deve duplicar em alguns meses.

Publicidade

Clientes já testaram blockchain

Emmanuel Delerm, diretor do programa blockchain do Carrefour, disse que a experiência com o sistema deixou clientes de boca aberta em uma das unidades da empresa na China.

Ele contou que os clientes escanearam o QR Code de dois ou três pomelos (fruta parecida com a laranja), para verificar de onde a fruta teria vindo.

“Quando testamos esse recurso na China conseguimos números incríveis”, revelou.

No entanto, Delerm fez questão de frisar que culturas diferentes tendem a resultados diferentes.

Para esclarecer, ele disse que enquanto na China os clientes consultaram mais de uma fruta, pessoas em países como a Bélgica e Espanha escanearam apenas uma. Mas, segundo ele, isso é devido à cultura chinesa, que são mais propensos a experimentar novas tecnologias.

Embora o Carrefour tenha parceria com a iniciativa Food Trust da IBM para seus pilotos, o executivo revelou que a companhia também está  desenvolvendo sua própria blockchain e que deve ser no modelo permissionada.

Publicidade

Disse, ainda, que “a quantidade de produtos que acompanhamos com blockchain provavelmente aumentará à medida em que a tecnologia continuar avançando”.


Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Projeto de universitários brasileiros ganha R$ 50 mil em hackathon global da Solana

Projeto de universitários brasileiros ganha R$ 50 mil em hackathon global da Solana

Grupo criou aplicação para conectar via blockchain produtores de energia e estações de abastecimento, com a mira no mercado de carros elétricos
Ilustração da memcoin em Solana Bonk

Como criar uma memecoin em Solana com a Pump.fun

Protocolo viralizou ao permitir a qualquer pessoa criar uma criptomoeda por cerca de R$ 15