joana
Joana tem 5 anos e precisa de um tratamento de células-tronco (Imagem: Divulgação)

A comunidade brasileira de criptomoedas está se unindo em uma ação para arrecadar R$ 250 mil para pagar um tratamento de células-tronco na Rússia para Joana, de 5 anos, que tem epilepsia de difícil controle, autismo e paralisia cerebral. ‘Jojo’, como é tratada entre os familiares e amigos, é filha do jornalista do site Cointelegraph Cássio Gusson. 

A ação, batizada de ‘Jojo vai para Rússia’, foi criada na plataforma Vakinha.com.br e já está recebendo doações em reais, que podem ser feitas por boleto, cartão de crédito, Pix, PayPal e transferência bancária. Para doar clique aqui.

Publicidade

Para doações em criptomoedas, os organizadores da vaquinha disponibilizaram os endereços de carteiras de Cássio Gusson na plataforma CoinTr.ee. Para acessá-las clique aqui. O apoiador pode transferir as seguintes moedas: bitcoin, ethereum, binance coin, tether, monero, dash, unisawp. 

No momento da publicação já foram doados cerca de R$ 18 mil de mais de 100 apoiadores. A exchange Binance, por exemplo, já doou cerca de US$ 1 mil em tether (USDT).

Condição de Jojo

Conforme detalhou Gusson, Joana tem uma alteração no gene MEF2C, e que por isso ela tem epilepsia de difícil controle, ou seja, apesar de os medicamentos serem anticonvulsivos, eles não impedem que ela sofra as convulsões.

Por conta disso, Jojo teve um episódio de convulsão muito grave quando ela tinha dois anos e que durou cerca de 1 hora. Depois desse acontecimento, disse o pai, ela ficou com paralisia cerebral, causada pela falta de oxigênio. Contudo, ao longo dos anos, a menina tem evoluído com medicamentos e terapias. Logo, um tratamento com células-tronco pode ser fundamental para uma melhora mais rápida. 

Publicidade

“Hoje, a Joana toma quatro medicamentos anticonvulsivos para tentar evitar que ele convulsione, e mesmo assim eles não impedem o problema. O tratamento na Rússia é para tentar reverter todos os danos que teve no cérebro dela”, explicou Gusson.

Centro é referência da Rússia

O dinheiro doado a Joana vai servir para pagar duas infusões de 150 milhões de células-tronco para seu tratamento completo; uma em junho, outra em novembro, que serão feitas no Samara Regional Medical Center Dinasty, centro de pesquisas em Samara, na Rússia, instituição referência no país para o tipo de tratamento.

O Dia Mundial de Conscientização do Autismo acontece no próximo dia 2. Segundo a Associação de Amigos do Autista (AMA), uma em cada 160 crianças possui um Transtorno do Espectro do Autismo (TEA), que começam na infância e tendem a persistir na adolescência e na idade adulta.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Solana sofre congestionamento por operações desenfreadas de bots

Solana sofre congestionamento por operações desenfreadas de bots

Alto número de operações de spam estão fazendo com que a Solana fique mais lenta e que transações não sejam processadas
Paolo Ong, da SEC Filipinas

Termina prazo para saída da Binance das Filipinas e reguladores avisam: “Não há como sacar fundos após bloqueio”

“Não podemos endossar nenhum método de como retirar seu dinheiro agora que a ordem de bloqueio foi emitida”, disse o regulador filipino
Imagem da matéria: Veja quem são as 22 pessoas mais ricas do setor de criptomoedas em 2024

Veja quem são as 22 pessoas mais ricas do setor de criptomoedas em 2024

Conheça as pessoas mais ricas do mercado cripto que apareceram na lista de bilionários da Forbes de 2024
Imagem da matéria: FBI intima participantes de evento de 2022 após roubo de dev do Bitcoin Core

FBI intima participantes de evento de 2022 após roubo de dev do Bitcoin Core

Dashjr, cofundador do pool de mineração Ocean, teve um montante de Bitcoin roubado que hoje vale mais de US$ 14 milhões