Imagem da matéria: Café da Starbucks será rastreado pela blockchain da Microsoft
(Foto: Shutterstock)

A multinacional americana Starbucks, detentora da maior rede de cafeterias do mundo, vai usar a plataforma baseada em blockchain da Microsoft para rastrear os grãos de café da fazenda até o consumidor final.

Segundo comunicado da Microsoft, a Starbucks recorreu a sua tecnologia —  Microsoft Azure Blockchain — com o intuito de melhorar sua conexão com seus clientes por meio de uma experiência mais personalizada que a rastreabilidade digital em tempo real, via aplicativo, vai permitir.

Publicidade

O sistema de rastreamento vai registrar em blockchain todas as mudanças ao longo da jornada do café, fornecendo aos usuários do aplicativo uma visão mais completa da cadeia de suprimentos, diz a nota.

De acordo com o comunicado, a Starbucks obteve grãos de mais de 380.000 fazendas de café em 2018.

“Este tipo de transparência oferece aos clientes a chance de ver que o café que eles apreciam é o resultado de um movimento que muitas pessoas se importam profundamente”, disse Michelle Burns, vice-presidente da Global Coffee & Tea da Starbucks.

Feedback a agricultores

Conforme um artigo publicado pela Starbucks em 20 de março, muitos produtores de café não têm ideia da qualidade do seu produto, que muitas vezes é digna de exportação. Com o sistema eles poderão avaliar melhor a produção.

“Um agricultor que não conhece o seu café pode não saber que seu produto é de qualidade de exportação. Conhecer a qualidade do café como agricultor é importante”, disse na publicação, Surabhi Agrawal, gerente global de rastreabilidade da Starbucks.

Publicidade

Gerri Martin-Flickinger, diretor de tecnologia da Starbucks, também deixou seu comentário.

“Tudo o que fazemos na tecnologia é centrado em torno da conexão do cliente na loja, a conexão humana, uma pessoa, uma xícara, um bairro de cada vez”, disse.

Plano iniciou em 2018

Os planos não vêm agora. No início do ano passado, o diretor de rastreabilidade da Starbucks, Arthur Karuletwa, já adiantava metas para uma relação mais próxima com o consumidor por meio da tecnologia.

Na ocasião, ele disse que a tecnologia de rastreabilidade poderia trazer uma grande experiência entre os consumidores de café, a empresa e os agricultores.

“Isso poderia ser uma grande mudança em uma indústria que não teve muita inovação no formato de como o café atravessa fronteiras e oceanos”, disse.

Publicidade

Ele acrescentou:

“A tecnologia digital tornou-se o motor econômico deste século e a rastreabilidade preserva os ativos mais valiosos que temos como seres humanos – nossa identidade”.


Compre Bitcoin na Coinext

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Mão segurando celular com logo da Toncoin e no fundo ícones do Telegram

Rede TON do Telegram vai se conectar ao Ethereum via blockchain de segunda camada

Em meio ao boom dos jogos do Telegram, The Open Network está pronta para lançar uma camada 2 compatível com Ethereum em colaboração com a Polygon
Moeda dourada de Bitcoin (BTC) sobre um gráfico de preço com candles indicando queda nos preços

Semana Cripto: Queda do Bitcoin derruba principais altcoins enquanto memecoins políticas permanecem voláteis

Bitcoin e Ethereum desabam em meio a narrativas sobre Mt. Gox e BTCs do governo da Alemanha
Vitalik Buterin posa para foto na ETH Taipei 2024

Vitalik Buterin mostra como tecnologia blockchain pode melhorar a privacidade e liberdade de russos

Desenvolvida pela empresa russa Rarimo, a Freedom Tool utiliza tecnologia de Prova de Conhecimento Zero (ZKP)
jogo hamster kombat em tela de celular

Hamster Kombat:  Tudo sobre o airdrop do jogo do Telegram

Veja também dicas para conseguir a maior quantidade de moedas antes do lançamento do token