Imagem da matéria: Buenos Aires vai aceitar criptomoedas para pagamento de impostos, afirma prefeito
(Foto: Shutterstock)

Horacio Rodríguez Larreta, prefeito de Buenos Aires, capital da Argentina, afirmou que o município está trabalhando para implementar criptomoedas como meio de pagamento de impostos. Larreta falou sobre o tema durante um evento institucional de apresentação do plano Buenos Aires+, na segunda-feira (25), no Teatro San Martín.

“Estamos trabalhando para que munícipes possam pagar os seus impostos com criptomoedas”, disse Larreta. Ele acrescentou, porém, que isso não significa uma implementação de criptomoedas nas contas públicas, mas uma forma de “facilitar as coisas”.

Publicidade

Ele se referiu à intermediação de empresas cripto que farão o processo, convertendo de forma automática o pagamento em pesos, como explicou também o secretário de Inovação e Transformação Digital de Buenos Aires Diego Fernández:

“A ideia é receber os pagamentos em pesos. São as plataformas que vão implementar as mudanças de criptomoedas para pesos”.

Larreta falou também sobre a implementação da tecnologia Blockchain nos serviços públicos, o que ele chamou de “a segunda grande transformação no plano Buenos Aires+”. 

“Vamos incorporar blockchain na tramitação pública de Buenos Aires. Todo esse fluxo de informação que vai aumentar exponencialmente vai ficar protegido pela tecnologia blockchain”, disse o prefeito.

Publicidade

Simplificação

No evento, também foram discutidas outras iniciativas com foco em modernização.  O ministro de Desenvolvimento Econômico e Produção de Buenos Aires, José Luis Giusti, disse que a prefeitura vai indicar uma nova lei de simplificação para o Legislativo para desburocratizar setores como turismo, construção, indústria e comércio.

“Vamos gerar ferramentas que facilitem e agilizem procedimentos no circuito administrativo para melhorar a competitividade e a integração de empresas, negócios e empresários na rede produtiva”, disse Giusti.

A Argentina é um dos países que enfrentam desvalorização cambial há muitos anos. Por isso, o setor criptomoedas cresce a cada ano com crescimento na adoção do Bitcoin e crescimento de empresas do setor.

Desde meados do ano passado, uma das transformações é a adesão pelo cidadão argentino das stablecoins, que são moedas estáveis pareadas com o dólar americano.

Publicidade

Tether (USDT), USD Coin (USDC) e DAI são exemplos. É uma forma moderna que os argentinos — assim como os venezuelanos e outros cidadãos que sofrem com o derretimento de sua moeda local — encontram de se protegerem contra a inflação. 

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: MB lança cesta inteligente: estratégia prática para investir em criptoativos

MB lança cesta inteligente: estratégia prática para investir em criptoativos

A ferramenta é elaborada pelo MB Research, proporcionando autobalanceamento a cada 30 dias para manter o equilíbrio e aproveitar oportunidades de ganho
Moedas douradas de Bitcoin (BTC) e um gráfico de preço ao fundo

Preço do Bitcoin despenca com liquidações de US$ 245 milhões no mercado

As liquidações de criptomoedas dispararam na terça-feira (11), com o Bitcoin despencando 5% e indo a US$ 66 mil
Edificio do BCE

Manhã Cripto: Bitcoin segue alta e busca máxima histórica com corte de juros na Europa

Banco Central Europeu (BCE) reduziu 25 pontos percentuais de cada uma das suas três principais taxas de juros
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin ensaia recuperação e Trump diz apoiar a mineração de BTC nos Estados Unidos

Manhã Cripto: Bitcoin ensaia recuperação e Trump diz apoiar a mineração de BTC nos Estados Unidos

Donald Trump disse, após um evento de campanha com mineradores de Bitcoin, que ele quer “todo o Bitcoin restante feito nos EUA”