Imagem da matéria: Brasileiro que ficou milionário com Dogecoin fez alerta sobre PEPE
Brasileiro Glauber Contessoto virou rico investindo em um meme (Foto: Reprodução/Instagram)

“Deveria ter comprado PEPE duas semanas atrás”, escreveu o brasileiro que mora nos EUA Glauber Contessoto, conhecido por ter ficado milionário com a Dogecoin, a criptomoeda meme mais famosa do mercado. Porém, no mesmo dia, ele fez uma alerta e avisou seus seguidores: “Não comprem PEPE a esse preço”.

A frase, postada no último dia 5, mostrava um certo arrependimento de ele não ter aproveitado o hype da moeda do sapo. Mas a frase não parou por aí — ele a completou com um trecho de uma música da estrela pop Taylor Swift, ‘Would’ve, Could’ve, Should’ve’, indagando: “Poderia, deveria, teria [comprado]?”

Publicidade

O que ocorreu depois disso foi desavenças com os “maximalistas” da Pepe, que apesar de ter sofrido quedas no preço, surpreendeu o mercado cripto em meados de abril com altas diárias extraordinárias. Para alguns, inclusive, logo o sapo reinaria sobre a famosa cachorrinha Kabosu.

No mesmo dia 5, Glauber tweetou “não compre #PEPE a este preço”, indicando um certo topo da criptomoeda. 

O comentário, no entanto, não agradou aos fãs da PEPE, que começaram o atacar com as perdas sofridas com a Dogecoin.

“Conselho vindo de um cara que segurou seu Dogecoin de 0,74 centavos para 0,049 centavos”, escreveu o usuário @OG_Yomi. Glauber respondeu: “Você deveria seguir o conselho de um cara que aprendeu a lição”.

Na segunda-feira (8), ele tentou explicar que as pessoas confundiram seu alerta. “Tantos maximalistas da PEPE estão bravos, eu estava certo em chamar o topo. Nunca odiei a moeda. Não é uma boa compra agora e todo mundo sabe disso”.

Publicidade

Com a queda de preço da criptomoeda meme, “eu avisei” ficou implícito.

“Eu realmente odeio ver as pessoas perdendo dinheiro em $PEPE . Se você conhece minha história, sabe que já estive lá antes, e é por isso que tentei avisar a todos quando alertei sobre o topo alguns dias atrás. Tome lucros pessoas”.

Ele chegou a fazer uma enquete: “Você tem US$ 100 mil para investir em uma moeda agora. Qual você escolhe? DOGE ou PEPE?

DOGE perdeu de lavada…

Atualmente, Glauber parece ter deixado as desavenças para trás, mas a comunidade PEPE parece não descansar. Nesta quarta-feira (10), ele desabafou: Todos na comunidade $PEPE continuam me chamando de gordo, então estou prestes a ir para a academia bem rápido”.

Contessoto, no auge do DOGE, em abril de 2021, chegou a acumular R$ 11 milhões com seus aportes.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Hacks de criptomoedas roubaram US$ 19 bilhões desde 2011 e atividades ilegais seguem crescendo

Hacks de criptomoedas roubaram US$ 19 bilhões desde 2011 e atividades ilegais seguem crescendo

Relatório da Crystal Intelligence mostra que em 13 anos ocorreram 785 casos de roubos de criptomoedas, no valor total de US$ 19 bilhões
Kabosu, a cachorrinha Shiba Inu que inspirou a Dogecoin

Desculpem fãs da Dogecoin: plano de pagamentos do Twitter não inclui criptomoedas

O apoiador da Dogecoin, Elon Musk, está trabalhando para o lançamento de um serviço de pagamentos no Twitter que supostamente não inclui cripto por enquanto
Imagem da matéria: Com gestão de R$ 350 milhões, BLP Crypto traz novo sócio e passa a se chamar B2V Crypto

Com gestão de R$ 350 milhões, BLP Crypto traz novo sócio e passa a se chamar B2V Crypto

A B2V Crypto registra mais de 5 mil cotistas em seus fundos de investimento
Logotipo da LayerZero em branco no fundo preto

MB realiza listagem relâmpago de ZRO, token que originou US$ 258 milhões em investimentos em 24 horas

O lançamento refere-se ao token de governança da LayerZero, o protocolo de infraestrutura de interoperabilidade blockchain mais utilizado do mercado