Imagem da matéria: Blockchain é parte importante da quarta revolução industrial, dizem especialistas brasileiros

A tecnologia blockchain é um dos principais atores na revolução tecnológica em andamento. A conclusão vem de uma matéria publicada na última quarta-feira (5) no jornal Valor Econômico com dois grandes profissionais do mercado de criptomoedas: Rosine Kadamani e Fernando Ulrich.

Rosine é fundadora da consultoria Blockchain Academy, empresa especializada em aplicações do blockchain para soluções corporativas. Fernando Ulrich é especialista em criptomoedas e blockchain do Grupo XP.

Publicidade

Para eles, a tecnologia de distribuição descentralizada de registros é um importante componente da chamada “quarta revolução digital”, caracterizada pelas tecnologias de evolução exponencial.

O blockchain está ao lado da Internet das Coisas, dos veículos sem condutor, da robótica e das máquinas com Inteligência Artificial nas inovações que tem guiado a pesquisa e desenvolvimento tecnológico. A primeira aplicação da rede descentralizada foi para validar transações em Bitcoin a partir de 2009.

Ulrich considera o blockchain uma tecnologia de base, isto é, uma ferramenta sobre qual novas tecnologias podem surgir, como a eletricidade e a internet. Embora não seja possível prever seus usos futuros, o mercado deve desenvolver as ferramentas para tirar proveito da inovação.

Ele ressalta que redes descentralizadas permitem transferências instantâneas para qualquer parte do mundo, sem intermediários e sem altos custos. Algo comparável ao e-mail, que permitiu o envio de mensagens instantâneas para todo o globo. Ele diz ao jornal:

Publicidade

Pela primeira vez na história da humanidade, qualquer pessoa, em qualquer lugar da terra, sem precisar pedir autorização a ninguém e com baixo custo, pode fazer uma transferência instantânea. Diversos setores poderão ser impactados: importação, exportação e tudo que envolve pagamentos entre países. É a mesma transformação do correio eletrônico, que permitiu enviar mensagens para qualquer lugar do mundo.

Rosine Kadamani considera que uma das principais novidades trazidas pelo blockchain foi a chegada de uma moeda digital feita inteiramente para a internet. Ela diz que serviços dos mais variados tipos foram convergindo e se aglomerando na rede mundial de computadores como a Amazon, e o Google, mas ainda faltava um meio de troca.

As criptomoedas que se baseiam em blockchain, entretanto, têm um diferencial que Kadamani diz ser essencial: elas não são emitidas de forma ligada a um governo ou a um banco, e elas podem ser transferidas de maneira direta, instantânea e barata para o mundo todo, o que deverá mudar a estrutura das instituições financeiras. Ela diz:

A perspectiva em torno disso é que está sendo criado um sistema financeiro paralelo ao sistema financeiro tradicional, independente de governos. O bitcoin não está em nenhum lugar especificamente, mas, ao mesmo tempo, está em todo lugar. É, ao mesmo tempo, desterritorializado e onipresente.

Rosine conclui dizendo que acredita que a independência que as criptomoedas têm em relação ao estado, fronteiras e sistemas financeiros permitirá maior inclusão social no sistema financeiro. Os bancos, ela diz, terão de adotar a tecnologia para se adaptarem ao novo contexto financeiro.


Compre Bitcoin no Celular

A BitcoinTrade é a melhor plataforma para operar criptomoedas do Brasil.
Compre Bitcoin, Ethereum e Litecoin com segurança e liquidez, diretamente pelo app.
Baixe agora e aproveite, acesse: www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Usuários da 99Pay têm chaves PIX vazadas, alerta Banco Central

Usuários da 99Pay têm chaves PIX vazadas, alerta Banco Central

Também foram potencialmente expostos dados como nome do usuário, CPF com máscara, instituição de relacionamento, agência e número da conta
Ronaldinho Gaúcho em vídeo promovendo Olymp Trade

CVM aplica multa de R$ 680 mil em corretora promovida por Ronaldinho Gaúcho

Promovida pelo ex-craque da Seleção, Ronaldinho Gaúcho, a Olymp Trade prometia retornos de até 92%
Imagem da matéria: "Jogo do Tigrinho" deve ser liberado pelo governo do Brasil; veja regras

“Jogo do Tigrinho” deve ser liberado pelo governo do Brasil; veja regras

A liberação do “Jogo do Tigrinho” deve ser feita por meio de portaria que será emitida pelo Ministério da Fazenda
mão segura celular com logo do whatsapp

WhatsApp pirata pode estar minerando criptomoedas no seu celular sem você saber

Conhecidos como WhatsApp GB, Aero e Plus, as cópias não autorizadas do app oficial da Meta podem abrir portas para vazamento de mensagens, fotos e áudios, dizem especialistas