Homem apoia cabeça nas mãos em sinal de desespero-na mesa, uma carteira vazia e fichas de cassino
Foto: Shutetrstock

O número de queixas do cassino online Blaze aumenta cada vez mais na plataforma de defesa do consumidor Reclame Aqui. Nos últimos dias, atingiu e ultrapassou a marca de 10 mil reclamações. Esse número torna a Blaze a 11ª posição — em um ranking de 20 — das piores empresas nos últimos 30 dias, segundo dados da plataforma.

Muitas das reclamações são de problemas com saques e depósitos feitos via Pix, como a de um apostador que ganhou R$ 17 mil e alega que teve sua “conta fechada” após pedir saque.

Publicidade

As notas dadas à Blaze no Reclame Aqui mostram um índice “ruim” de satisfação dos clientes. Só nas últimas 24 horas foram registradas 45 reclamações contra o cassino estrangeiro. Nos últimos seis meses, a soma das reclamações é de 10.877, com 9.822 feedbacks da equipe de suporte —  até a tarde da segunda-feira (1º de agosto).

Em 2020 e 2021, as notas da Blaze no Reclame Aqui foram de 3,7 e 3,7, respectivamente; em 2022, chegou a baixar para 3,4. A nota atual da empresa é de 5,0, o que é considerado “ruim” no cálculo da plataforma.

Outros dados mostram que o índice atual de solução dos problemas apontados pelos clientes da Blaze é de 46,7% e que apenas 35,9% disseram que voltariam para a plataforma.

Blaze no Reclame Aqui

Dentre as últimas reclamações, um cliente de Poá (SP) disse que ganhou R$ 17 mil em apostas esportivas, mas teve sua “conta fechada” após pedir um saque, segundo ele, mesmo tendo enviado cópia de seus documentos. Até o fechamento desta matéria o cliente não foi respondido.

Publicidade

Outro cliente, de Feira de Santana (BA), pede “solução urgente” após Blaze não cumprir prazo: “Solicitei retirada de R$ 1000,00 via Pix no dia 25/07/2022”, escreveu nesta segunda-feira (1).

“Ontem depositei um valor no app da Blaze, e depois de algumas horas quis retirar, porém já fiz a solicitação 5 vezes e o valor sempre volta para o saldo da conta na Blaze, não consigo de nenhuma forma fazer o saque desse valor via Pix”, registrou também nesta segunda-feira um cliente de Extrema (MG).

Números surpreendem

A marca de mais de 10 mil reclamações no Reclame Aqui se torna ainda mais expressiva quando comparada a grandes empresas.

A Decolar, por exemplo, empresa que existe há mais de duas décadas, ocupa a 12ª posição no ranking das 20 piores empresas nos últimos 30 dias, com 14.600 reclamações. Sua nota atual é 4,4 — não recomendada de acordo com o grau de satisfação dos clientes.

Publicidade

Apenas uma posição à frente da Blaze vem a Oi, empresa que chegou a ter uma carteira de 72 milhões de clientes no passado. Nos últimos seis meses, mesmo período dos números da Blaze, clientes da Oi reclamam mais de 16.000 vezes, o que colocou a companhia na 10ª posição no mesmo quesito. A empresa também aparece como “não recomendada”.

A situação, contudo, não impediu que o clube de futebol Botafogo anunciasse que a Blaze seria o patrocinador principal do time até o final da temporada de 2022. Os valores para que a marca da casa de apostas em jogos de azar estampa a parte da frente da camisa do time carioca não foram revelados.

Vale lembrar que os jogos de azar são ainda proibidos no Brasil, tendo um projeto de lei para legalização aprovado na Câmara e que espera por votação no Senado.

Como processar a Blaze

Os clientes da Blaze que se sentem lesados têm se deparado com um problema ao tentar buscar seus direitos, já que a empresa não tem representação oficial clara no Brasil. Há, porém, pelo menos duas formas de reivindicar reparos financeiros.

Como a empresa tem sede formal em Curaçao, pequeno país do Caribe, uma das saídas é o envio pelo cliente de uma carta rogatória para o sistema de Justiça do país onde a companhia é sediada; a outra, responsabilizar alguma empresa parceira que viabilize a operação da companhia estrangeira dentro do Brasil.

Publicidade

No caso da carta rogatória, o processo é lento, caro e em geral não compensa financeiramente em casos de valores menores. No segundo caso, empresas parceiras podem fazer parte de um processo —  a Blaze permite o uso do sistema Pix como pagamentos, logo, há empresas homologadas pelo Banco Central que facilitam a jogatina.

No entanto, profissionais também se dividem sobre se estas empresas poderiam ou não ser acionadas judicialmente.

Procurando uma corretora segura que não congele seus saques? No Mercado Bitcoin, você tem segurança e controle sobre seus ativos. Faça como nossos 3,8 milhões de clientes e abra já sua conta!

VOCÊ PODE GOSTAR
Gustavo Scarpa em um campo de futebol usando o uniforme do Atlético Mineiro

Scarpa x Bigode: Pedras preciosas não valem como garantia em processo contra pirâmide cripto, diz PF

Um laudo das pedras de alexandrita apreendidas da suposta pirâmide Xland foi avaliado por um juiz, que determinou que elas não têm valor significativo
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

MPF faz nova denúncia contra donos da Braiscompany e doleiro por lavagem de dinheiro

Antônio Neto e Fabrícia Farias realizaram operações financeiras de grande porte com características de lavagem de dinheiro em pleno colapso da pirâmide
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve