Imagem da matéria: Bitfury Fez R$ 300 Milhões Ano Passado

O mito de que as startups da indústria de blockchain não ganham dinheiro foi em grande parte destruído por documentos de investidores que mostram que o Grupo Bitfury está gerando receitas que o tornariam competitivo em relação as empresas convencionais.

Fundada em 2011, a startup que começou com uma operação de mineração bitcoin e que desde então expandiu para oferecer outros serviços de software gerou receita de US $ 93,7 milhões de dólares no ano fiscal de 2017 de acordo com os documentos obtidos pela CoinDesk.

Publicidade

Com essa receita, o lucro, antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) foi de US $ 24,7 milhões de dólares com base em uma margem de 26%.

A empresa, com sede em Amsterdã, com escritórios em San Fransisco, Washington, DC, Riga, Letônia e Hong Kong, já arrecadou mais de US $ 100 milhões em capital de risco, de acordo com os documentos.

Quando esses números são comparados com a receita de startups apoiadas também por capital de risco, o Bitfury Group se encaixa com alguns nomes reconhecidos em indústrias mais convencionais.

No ano passado, a startup Kabbage gerou um pouco mais do que o Grupo Bitfury com receita de US $ 97,4 milhões, mas aumentou significativamente o financiamento de capital com US $ 239 milhões, de acordo com a lista Inc 500 mais recente. A empresa de software Yext, que foi divulgada no início deste ano, gerou menos receita do que o Bitfury Group, com US $ 89 milhões depois de arrecadar cerca de US $ 117 milhões.

Publicidade

Além da receita do grupo Bitfury gerada por taxas de transação de bitcoin, a empresa também lista um total de 500.000 bitcoins “minerados até o momento” das recompensas pelos blocos minerados. Nos preços de hoje de cerca de US $ 2.600, isso equivaleria a US $ 13 bilhões obtidos na mineração, embora haja evidências de que alguns desses bitcoins foram vendidos.

VOCÊ PODE GOSTAR
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns
Donald Trump é fotografado em comício nos EUA

Trump agora aceita doações em Bitcoin e cumpre promessa com relação às criptomoedas

Bitcoin, Ethereum, Dogecoin, Solana, Shuba Inu e XRP estão entre criptomoedas aceitas pela candidato Donald Trump 
Imagem da matéria: Volume de negociação de 'Notcoin' ultrapassa US$ 1 bilhão no maior airdrop de jogos de 2024

Volume de negociação de ‘Notcoin’ ultrapassa US$ 1 bilhão no maior airdrop de jogos de 2024

Jogo Notcoin, baseado no Telegram, lançou mais de 80 bilhões de tokens para cerca de 35 milhões de jogadores em um airdrop
Imagem da matéria: O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

O poder dos RWA: executivo explica por que faz sentido tokenizar ativos do mundo real

Fabrício Tota, diretor do MB, discutiu no Ethereum Rio como empresas podem tirar o máximo proveito da tecnologia blockchain através da tokenização