Imagem da matéria: Bitcoin supera US$ 51 mil e capitalização bate US$ 1 trilhão pela primeira vez em mais de 2 anos
Foto: Shutterstock

O Bitcoin (BTC) passou da marca de US$ 51 mil nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira (14), levando sua capitalização de mercado para mais de US$ 1 trilhão pela primeira vez desde dezembro de 2021, época em que a criptomoeda bateu sua máxima histórica de quase US$ 69 mil.

A alta ocorre conforme volta o otimismo no mercado após algumas semanas de maior volatilidade e preços mais próximos da casa de US$ 42 mil. Nesta manhã, o BTC operava com ganhos de 2,7% no acumulado de 24 horas, cotado a US$ 51.450.

Publicidade

Alguns traders têm como meta o nível de US$ 64 mil nas próximas semanas, à medida que cresce a demanda por produtos de fundos negociados em bolsa (ETFs) de Bitcoin à vista.

Na terça-feira, o ETF IBIT da BlackRock registrou quase US$ 500 milhões em entradas líquidas, indicando uma nova onda de aumento de demanda pelo BTC.

No último fim de semana, o provedor de dados on-chain CryptoQuant, apontou que o Bitcoin pode chegar a US$ 112 mil até o fim de 2024 se a tendência atual de fluxos relacionados a ETFs à vista continuar.

A alta recente do Bitcoin, segundo analistas, deve-se ao acúmulo da criptomoeda por grandes investidores e ao interesse renovado de Wall Street na indústria de tecnologia.

Publicidade

Desde a semana passada, analistas têm dito que os dados on-chain apontam para que o Bitcoin provavelmente tenha uma grande alta. Tudo isso acontece antes do halving do Bitcoin em abril, que verá as recompensas pagas aos mineradores de Bitcoin reduzidas de 6,25 BTC para 3,125 BTC.

Outro indicador importante do sentimento do investidor, os contratos em aberto no valor de US$ 22 bilhões em contratos futuros de Bitcoin, de acordo com a CoinGlass. Os contratos em aberto do BTC não atingem níveis tão altos desde novembro de 2021, quando o Bitcoin atingiu sua máxima.

“Os contratos em aberto, ou número de contratos pendentes, para opções de compra que expiram em 29 de março com preços de exercício de US$ 60.000, US$ 65.000 e US$ 75.000 tiveram um aumento significativo”, observou a conta do analista de opções Cheddar Flow no Twitter.

Em resumo, há especulações crescentes por parte dos investidores de que o Bitcoin tem o impulso necessário para estabelecer um novo recorde histórico antes de abril.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Governo alemão envia mais R$ 96 milhões em Bitcoin para exchanges

Governo alemão envia mais R$ 96 milhões em Bitcoin para exchanges

“Isso resultará em volatilidade, pois grandes transferências podem causar flutuações de preços no curto prazo”, diz analista
Jerome Powell, presidente do Fed, mostrado em tela de computador

O que o discurso do presidente do Federal Reserve hoje significa para o Bitcoin?

“Acreditamos que o fundo do poço ficou para trás ou muito próximo e recomendamos aumentar a exposição à medida que o Bitcoin ganha impulso”, disse um analista
mescla de dólares e moedas de bitcoin sobre a mesa

Mt. Gox inicia pagamentos de Bitcoin, mas credores podem ter que esperar até 3 meses para receber

Apesar do início dos pagamentos da Mt. Gox, a data em que o valor em Bitcoin aparecerá na conta dependerá da corretora escolhida pelo credor
Tigran Gambaryan, chefe de compliance da Binance, posa para foto

Deputados pedem que EUA tratem diretor da Binance preso na Nigéria como refém

Numa resolução apresentada ao Congresso, os deputados French Hill e Rich McCormack apelaram à libertação de Tigran Gambaryan