Imagem da matéria: Bitcoin supera US$ 16 mil pela segunda vez na história
Foto: Shutterstock

O preço do Bitcoin ultrapassou a marca de US$ 16.000 por volta das 6h45 desta quinta-feira (12). O preço seguiu em alta e registrou US$ 16.183 às 14h. No Brasil, o bitcoin abriu o dia a R$ 85.530 e bateu máxima de R$ 88.038.

O aumento de preços foi acompanhado por um aumento no volume. De acordo com Messari, os volumes de negociação do Bitcoin aumentaram de US$ 28 milhões para US$ 176 milhões nas últimas duas horas.

Publicidade

O preço do Bitcoin aumentou 4% nas últimas 24 horas e acumula 11% desde a semana passada.

“O Bitcoin ultrapassou os US$ 16 mil, mas não houve muitas liquidações de posições vendidas nos mercados de derivativos e futuros. Muitos indicadores da rede apontam para uma alta orgânica. Na semana passada, muitos mineradores e baleias venderam/realizaram lucro também. Forte demanda, forte alta e um bom momentum”, twittou o analista Joseph Young.

Essa é a segunda vez na história que o bitcoin supera a marca dos US$ 16.000. Na primeira vez, no final de 2017, a marca foi alcançada dez dias antes da máxima histórica, registrada em 17 de dezembro, quando foi negociado a US$ 20.000.

“O Bitcoin não atingiu essa faixa desde o final de 2017 e início de 2018, quando alcançou máximas de US$ 20.000. Na verdade, a última data em que o Bitcoin esteve com esse preço específico foi em 8 de janeiro”, acrescentou Young.

De acordo com a Datamish, US$ 13,8 milhões em posições vendidas foram liquidadas nas últimas 24 horas na bolsa de futuros de Bitcoin BitMEX. Apenas US$ 6 milhões em posições compradas foram liquidadas no mesmo período.

Publicidade

Complementando o movimento de alta, o Paypal anunciou na tarde de hoje que finalmente liberou acesso aos seus clientes residentes nos EUA a comprar, vender e armazenas criptomoedas.

“Temos o prazer de anunciar que todos os correntistas elegíveis do PayPal nos EUA agora podem comprar, manter e vender criptomoedas diretamente com o PayPal”, disse a empresa em um breve comunicado, atualizando seu anúncio original no final de outubro.

As criptomoedas suportadas de início serão: Bitcoin, Litecoin, Bitcoin Cash e Ethereum.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: '101 Perguntas sobre Bitcoin': Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

‘101 Perguntas sobre Bitcoin’: Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

A obra discorre os princípios técnicos da moeda até suas implicações socioeconômicas no contexto atual, de modo a proporcionar um entendimento profundo ao público geral
Pizza em uma mão moeda de bitcoin na outra

Bitcoin Pizza Day: Corretoras comemoram data histórica do Bitcoin com promoções; confira

Semana tem pizza grátis, cashback, joguinho e descontos em comemoração à primeira transação comercial com o Bitcoin realizada há 14 anos
Michaël van de Poppe em vídeo no Youtube

“É hora de investir em altcoins como Ethereum além do Bitcoin”, diz Michaël van de Poppe

Citando o Ethereum com uma das opções, o analista diz que o mercado de altcoins já passou por correção e que a tendência agora é de alta
trader segura moeda de bitcoin em frente a grafico em computador

Bolsa de Chicago planeja lançar negociação de Bitcoin à vista, diz jornal

O objetivo é capitalizar a crescente demanda este ano entre os gestores de Wall Street para ganhar exposição ao setor de criptomoedas