Imagem da matéria: Bitcoin sobe 6% e supera US$ 48 mil pela primeira vez desde o final de 2021
(Foto: Shutterstock)

Embora o preço do Bitcoin não tenha subido de forma tão rápida quanto o esperado na quarta-feira (10) após os reguladores dos EUA aprovarem o lançamento dos ETFs à vista, o ativo finalmente reagiu no final da manhã desta quinta (11) na abertura das bolsas americanas.

Às 11h50, o BTC engatou uma valorização de 8% e atingiu um pico diário de US$ 48.969, sua cotação mais alta desde dezembro de 2021, segundo dados do CoinMarketCap. No momento da redação, os ganhos do Bitcoin ficam em cerca de 6%, cotado a US$ 47.821. Apesar disso, a expectativa do mercado é que a criptomoeda supere em breve a barreira dos US$ 50 mil.

Publicidade

O Bitcoin subiu de forma significativa assim que os ETFs começaram a ser negociados nas bolsas dos EUA nesta manhã. Para os analistas da Bloomberg, esses produtos podem movimentar US$ 4 bilhões já nesta quinta-feira, com o ETF da BlackRock sendo responsável por metade desse volume.

E a previsão ganhou ainda mais peso na abertura do mercado. Nos primeiros 30 minutos de negociação, os ETFs de Bitcoin ultrapassaram US$ 1,2 bilhão em volume de negociação, conforme apontou no X o analista da Bloomberg, James Seyffart.

“O fundo HODL da Vaneck teve um início mais tardio do que os outros, mas o GBTC da Grayscale e o IBIT da BlackRock estão QUENTES desde o início”, analisou.

ETF de Bitcoin pode quebrar recorde

Mais cedo, Eric Balchunas, outro analista sênior da Bloomberg, sugeriu que o ETF da BlackRock pode ter um dia histórico e bater o recorde de aportes no primeiro dia de negociação.

Publicidade

Atualmente essa façanha é do iShares Climate Conscious and Transition MSCI USA ETF, que teve um influxo de US$ 2,1 bilhões ao ser lançado em 8 de junho de 2023.

O Grayscale Bitcoin Trust, que foi convertido em ETF, viu na manhã desta quinta-feira o número de 19 mil cotas serem trocadas apenas no período pré-abertura do mercado, mostram dados da Bloomberg.

Outro exemplo de como a expectativa é alta é o volume de transações de Bitcoin nas exchanges, que bateu um pico de US$ 52 bilhões nesta quinta, conforme dados do CoinGecko. Esse é o maior volume visto desde 21 de março do ano passado, quando o mercado se fraturou por conta do colapso dos bancos Silvergate e Silicon Valley Bank.

VOCÊ PODE GOSTAR
Moeda do Bitcoin envolta por raios (Lightning Network)

Lightning Labs está trazendo stablecoins para a blockchain do Bitcoin

“Ideia é ter dólares criptografados e stablecoins na blockchain do Bitcoin”, explicou Elizabeth Stark, CEO da Lightning Labs
Criador do Twitter e da Square, Jack Dorsey em palestra no TED

Preço do Bitcoin atingirá US$ 1 milhão até 2030, diz Jack Dorsey

Em uma entrevista recente, o cofundador do Twitter e da Block argumentou que o Bitcoin poderia atingir US$ 1 milhão e ir “além” no futuro
miniaturas de pessoas minerando bitcoin em meio a pedras e folhagens

Renda de mineradores de Bitcoin cai para menor nível após o halving

A receita dos mineradores de Bitcoin caiu mais que a metade na virada de abril para maio
Ilustração de baleia nadando com moeda de bitcoin em seu interior

Baleia movimenta R$ 321 milhões em Bitcoin pela 1ª vez em uma década

Quando o investidor desconhecido adquiriu os bitcoins em 2013, a cotação do ativo não passava de US$ 120