Mão segurando uma moeda de bitcoin
Shutterstock

O Bitcoin se manteve estável no início da manhã de quinta-feira (22), antes dos EUA liberar novos dados sobre dois importantes indicadores econômicos: pedidos iniciais de auxílio-desemprego e vendas de moradias.

No momento em que este artigo foi escrito, o Bitcoin estava sendo negociado por US$ 51.823,78. Esse é um ganho modesto de 0,3% desde ontem e praticamente estável em comparação com a semana passada, de acordo com os dados do CoinGecko.

Publicidade

Tanto o Bitcoin quanto o Ethereum mostraram sinais de que os traders estão obtendo lucros e esperando para ver como o mercado se comporta após os relatórios dos EUA sobre os pedidos iniciais de auxílio-desemprego e as vendas de casas existentes.

Os investidores têm se concentrado intensamente nos indicadores econômicos enquanto tentam prever quando o Federal Reserve poderá finalmente reduzir as taxas de juros em 2024. Até o momento, as dicas dadas pelos membros do FOMC não têm sido otimistas.

“Acho que há muito tempo para termos mais confiança no rumo que a economia está tomando”, disse a Governadora do Federal Reserve, Michelle Bowman, durante um evento bancário em Washington ontem. “Acho que, em algum momento, será a hora de iniciar o processo de redução das taxas, mas, dada a incerteza dos dados, não estou confiante… bem, certamente não é agora.”

Os investidores a ouviram em alto e bom som.

Faltando 27 dias para a próxima reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto, apenas cerca de 5% dos investidores acham provável que o comitê reduza as taxas em março, de acordo com a ferramenta CME FedWatch. Os dados atuais indicam que 54% dos investidores acreditam que o Fed reduzirá as taxas em junho.

Publicidade

De modo geral, os ativos digitais e as ações são considerados ativos de “risco”. Os investidores tendem a dar aos ativos de risco uma pegada maior em seus portfólios quando as taxas de juros federais estão baixas. Mas as taxas de juros federais dos EUA subiram acentuadamente de 0,25% para 0,50% em março de 2022. Elas atingiram 5,25% – 5,50% em julho de 2023 e ainda não foram reduzidas.

Enquanto isso, Yuya Hasegawa, analista de criptomoedas do Bitbank no Japão, tem observado os fluxos diários de entrada e saída dos ETFs de Bitcoin dos EUA em busca de sinais de como os traders estão se saindo. Ele observou que os fluxos caíram drasticamente desde a semana passada, de cerca de US$ 300 milhões por dia para US$ 135 milhões.

“No entanto, ainda é aproximadamente três vezes a quantidade que a rede Bitcoin fornece em um dia, e isso não indica que a pressão de venda dos ETFs seja maior do que a demanda”, escreveu ele. “Uma recuperação no mercado acionário dos EUA poderia elevar o preço do Bitcoin dentro de uma faixa atual, mas US$ 53 mil provavelmente será um valor difícil de passar.”

Nesse sentido, há boas notícias: após um relatório de lucros do quarto trimestre especialmente forte da Nvidia, ontem, parece ter impulsionado as ações. A maioria dos principais índices de ações dos EUA terminou o dia no verde.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
bitcoin

Manhã Cripto: Bitcoin recua 2,2% apesar da queda da inflação nos EUA

Embora os dados macroeconômicos atuais sejam positivos, o Bitcoin ainda busca estabilidade em meio às preocupações pontuais dos investidores
Ilustração de Elon Musk com olhos de laser

Elon Musk adota ‘olhos de laser’ e gera rumores de participação na conferência Bitcoin nos EUA

A conferência Bitcoin 2024 vai começar nesta quinta-feira (25) nos EUA com figuras proeminentes, como Michael Saylor e Cathie Wood, e o mais recente nome, Donald Trump
CEO da Messari Ryan Selkis

CEO da Messari renuncia após apoio extremista a Trump gerar reações negativas

Ryan Selkis disse a um usuário não americano do Crypto Twitter que ele deveria ser deportado do país por suas “visões esquerdistas”
Imagem da matéria: "Buy Bitcoin": 7 anos atrás, estagiário dizia para o mundo comprar Bitcoin no Congresso dos EUA

“Buy Bitcoin”: 7 anos atrás, estagiário dizia para o mundo comprar Bitcoin no Congresso dos EUA

Quem seguiu o conselho tomou uma sábia decisão: o Bitcoin valorizou 2.321% desde então, indo de US$ 2.387 para US$ 57.801