Imagem da matéria: Bitcoin processa R$ 37 bilhões em apenas uma hora e bate novo recorde
(Foto: Shutterstock)

O Bitcoin processou R$ 37 bilhões (US$ 8,9 bi) em uma única hora, o maior registro da sua história.

O marco foi anunciado pela primeira vez pelo co-fundador da Glassnode Rafael Schultze-Kraft no Twitter.

Publicidade
Gráfico horário do volume negociado de bitcoin dentro da blockchain

Segundo a Glassnode, o pico foi causado pela exchange Bittrex, que movimentou grandes quantidades de bitcoin em uma série de 21 transações com em torno de 56.000 BTC cada, aproximadamente R$ 1,7 bi.

De acordo com Schultze-Kraft, esse foi o maior volume do bitcoin realizado dentro de uma hora em dólar em seus 11 anos de história.

Um dado interessante é que as taxas gastar para a realização das transações foram próximas a R$ 2 cada.

O movimento mostra a capacidade da blockchain do Bitcoin em liquidar bilhões de dólares em um curto período de tempo e com pouco custo, uma característica que coloca o bitcoin para competir com ativos tradicionais e empresas focadas em transferências internacionais.

No mês passado, uma transação envolvendo mais de R$ 1,5 bilhão em bitcoin foi realizada no bloco 604950 e teve 47.000 bitcoins enviados. A taxa da rede, na época, foi de apenas
0.00005507 BTC, equivalente a R$ 1,70.

Em outubro, uma transação envolveu mais de 112 mil bitcoins, equivalentes a quase R$ 4 bilhões na época e a taxa da rede foi de apenas 0.00046743 BTC, por volta de R$ 16 reais.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Minerador sortudo de Bitcoin resolve bloco sozinho e fatura R$ 1 milhão

Minerador sortudo de Bitcoin resolve bloco sozinho e fatura R$ 1 milhão

Minerador solo completou o bloco 843.231 do Bitcoin usando software da CKpool
Imagem da matéria: Em operação contra “Rei do Bitcoin”, PF descobriu fraude em contratos públicos envolvendo irmão do ex-governador do Paraná 

Em operação contra “Rei do Bitcoin”, PF descobriu fraude em contratos públicos envolvendo irmão do ex-governador do Paraná 

Nova operação da Polícia Federal apura crimes ligados às investigações da operação Daemon, de 2021, que prendeu o “Rei do Bitcoin”, Claudio Oliveira
Imagem da matéria: Propina paga a Eduardo Requião foi usada para investir na pirâmide financeira do "Rei do Bitcoin"

Propina paga a Eduardo Requião foi usada para investir na pirâmide financeira do “Rei do Bitcoin”

Nova operação da Polícia Federal visando fraudes no portos do Paraná revelou uma curiosa ligação entre o irmão do Roberto Requião e um dos maiores piramideiros do Brasil
Arte digital mostra mãos operando um celular que projeta moedas

Como declarar tokens de utilidade no Imposto de Renda 2024?

Entenda como declarar os utility tokens, ativos que dão acesso a serviços específicos