Imagem da matéria: Bitcoin pode passar máxima histórica em breve: veja dois indicadores chave
Foto: Shutterstock

Dois indicadores apontam que o preço do Bitcoin (BTC) está mostrando sinais robustos de que pode ultrapassar seu recorde histórico: a análise técnica através do Índice de Força Relativa (RSI) e a expectativa otimista em torno do próximo halving.

Reportagem do CoinDesk mostrou como esses dois indicadores vem dando sinais de que o Bitcoin pode superar sua máxima história de US$ 69 mil atingida em novembro de 2021.

Publicidade

O RSI revelou recentemente um forte ímpeto ascendente para o Bitcoin, com sua pontuação ultrapassando 80 pela primeira vez desde dezembro. De acordo com as análises de especialistas, quando o índice atinge esse patamar, o Bitcoin tende a apresentar um aumento médio de 54% nos meses subsequentes.

“Como referência, o Bitcoin estava sendo negociado a US$ 48.294 quando o último sinal foi ativado, e se a história (retorno médio de +54% em 60 dias) servir de guia, então o Bitcoin poderia valorizar até US$ 74.600 com base neste sinal”, observou Thielen.

O Índice de Força Relativa (RSI, do inglês Relative Strength Index) é um indicador de momentum utilizado na análise técnica que mede a magnitude das variações recentes de preço para avaliar condições de sobrecompra ou sobrevenda no preço de um ativo. Operando numa escala de 0 a 100, o RSI ajuda os investidores a identificar a velocidade e a mudança dos movimentos de preços.

O RSI é amplamente utilizado por traders para prever a direção futura dos preços, ajudando na tomada de decisões de compra ou venda com base em condições previstas de reversão de tendência.

Publicidade

Halving do Bitcoin

Quanto à expectativa em torno do próximo halving, programado para 19 de abril, esta se torna outra força motriz para a valorização do Bitcoin. A 10X Research destaca que, historicamente, o preço do Bitcoin experimenta uma valorização média de 32% nos 60 dias que antecedem o halving.

Com o BTC cotado a US$ 52 mil no momento da redaçaõ deste texto, uma alta de 32% o colocaria muito perto do recorde de US$ 69 mil.

O halving, que em tradução literal significa “reduzir pela metade”, é o corte nas emissões dos mineradores do Bitcoin, o que diminui a oferta.

Essa redução tem um efeito prático, de maneira fundamentalista, tendo como perspectiva a relevância da mineração: no primeiro halving, em 2012, era possível identificar um vendedor compulsório, com custos de maquinário e energia. Dessa maneira, o mercado cripto ainda não era tão desenvolvido, quanto é atualmente, e esses mineradores expressavam uma forte influência no meio.

Publicidade

Quando a recompensa aos mineradores é reduzida à metade, o fluxo do Bitcoin diminui proporcionalmente, o que permite que o mercado experimente maior concorrência.

Dessa maneira, nos dois últimos halvings (2016 e 2020, respectivamente), os mineradores tiveram menor impacto: de acordo com dados do MB Research, do volume total negociado de bitcoin nestes anos, menos de 2% eram extraídos do processo de mineração. De 2020 a 2024, essa relevância se reduz a menos de 0,5%. Assim, a expectativa para o evento se dá por meio quase que exclusivamente de narrativa.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: 5 fatores que podem levar o Bitcoin a US$ 100 mil até o fim de 2024

5 fatores que podem levar o Bitcoin a US$ 100 mil até o fim de 2024

Apesar da recente queda do mercado de criptomoedas, vários catalisadores oferecem uma oportunidade para os investidores de longo prazo que buscam um alívio
Imagem da matéria: Deputada alemã critica venda de Bitcoin do governo e defende mantê-lo em reserva estratégica

Deputada alemã critica venda de Bitcoin do governo e defende mantê-lo em reserva estratégica

“O Bitcoin oferece uma oportunidade única de diversificar os ativos do estado”, escreveu Cotar
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin sobe acima de US$ 58 mil à medida que ETFs voltam a atrair investidores

Manhã Cripto: Bitcoin sobe acima de US$ 58 mil à medida que ETFs voltam a atrair investidores

Os ETFs de Bitcoin à vista negociados nos EUA captaram US$ 654,3 milhões entre os dias 5 e 9 de julho
Imagem da matéria: Alemanha continua vendendo Bitcoin e reserva cai de US$ 3 bi para US$ 223 milhões

Alemanha continua vendendo Bitcoin e reserva cai de US$ 3 bi para US$ 223 milhões

A 10x Research afirma que a pressão de venda do governo alemão está diminuindo e que o Bitcoin parece tecnicamente sobrevendido