Imagem da matéria: Bitcoin, lightning network e NFTs: o que rolou no primeiro dia da Labitconf em El Salvador
Sebastián Contreras apresenta seu projeto ‘Bitcoineta’ no palco da Labitconf (Foto: Saori Honorato\Portal do Bitcoin)

Centenas de bitcoiners desembarcaram em El Salvador nesta semana para acompanhar a Labitconf, a maior conferência de bitcoin da América Latina que começou nesta quarta-feira (17).

O evento estreou com uma fala da embaixadora de El Salvador nos Estados Unidos, Milena Mayorga, que destacou o benefício da criptomoeda para o país que há dois meses passou a adotar o bitcoin como moeda de curso legal.

Publicidade

“Todos são beneficiam com a lei do bitcoin por uma razão bem forte. Os salvadorenhos no exterior, por exemplo, pagaram entre 400 e 700 milhões de dólares em comissões de remessas, mas agora se livraram dessa taxa”, disse a embaixadora, enfatizando em sua fala a liberdade econômica que o bitcoin promete trazer para o cidadãos do país.

Ao longo do dia, foram 14 painéis apresentados por especialistas do mercado cripto na América Latina.

A apresentação do evento principal ficou por conta do argentino Rodrigo Andragnes, criador da conferência que está entre as mais antigas do setor.

Do lado de fora do Teatro Presidente onde o evento principal acontecia, representante das maiores empresas de diferentes áreas do setor como a Trezor, a exchange FTX e Binance, além de projetos como Algorand apresentavam suas inovações para o público que lotou o evento.

O calor da capital San Salvador levou grande parte dos participantes à área externa, onde um telão transmitia as discussões de dentro de teatro.

Publicidade

Embora o bitcoin seja a grande estrela do evento, outras inovações do setor cripto como os NFTs também ganharam destaque no evento. Na área externa, jovens artistas colombianos ilustravam prachas de surf que posteriormente seriam transformadas em NFTs e vendidas num leilão online.

Artesãos e comerciante locais também vendiam seus produtos em barraquinhas que aceitavam pagamentos com bitcoin, através da Lightning Network, uma solução de segunda camada que processa os pagamentos de forma instantânea e quase sem custos.

A agenda da Labitconf fica cada vez robusta na quinta e sexta-feira com a chegada de grandes nomes da indústria como Jameson Lopp, Sam Bankman-Fried (FTX), Ray Youssef (Paxful), Tadge Dryja (cofundador da Lightning Network), Stacy Herbert e Max Keiser, apenas para citar algumas das presenças confirmadas.

É esperado que o presidente de El Salvador, Nayib Bukele, deva passar pela Labitconf no encerramento do evento na noite de sexta-feira (19).

*A reportagem viajou à convite do Mercado Bitcoin.

VOCÊ PODE GOSTAR
tornado cash 1

Desenvolvedor do Tornado Cash é condenado a 5 anos de prisão por lavagem de dinheiro

“O Tornado Cash, em sua natureza e funcionamento, é uma ferramenta destinada a criminosos”, disse um dos juízes ao condenar Alexey Pertsev
Imagem da matéria: Hacker da Gala Games devolve Ethereum após exploração de US$ 240 milhões

Hacker da Gala Games devolve Ethereum após exploração de US$ 240 milhões

Depois que 5 bilhões de tokens GALA foram cunhados e roubados na segunda-feira, a Gala Games recuperou parte dos fundos em ETH – e ainda está descobrindo o resto
Ilustração de bandeira do Brasil dentro moeda de Bitcoin

Fundos cripto do Brasil captam mais R$ 1,5 mi e chegam a 21ª semana consecutiva de entradas

Vindo de uma grande sequência de captação, fundos de criptomoedas do Brasil estão em 3º lugar no ranking global, atrás apenas dos EUA e Hong Kong
Presidente do Banco Central Roberto Campos Neto falando diante de um microfone

Presidente do Banco Central se reúne com MB um dia após anunciar agenda da regulação do mercado cripto

O Banco Central divulgou ontem os próximos passos para a regulação do setor cripto e espera concluir o processo até o final de 2024