Imagem da matéria: Bitcoin supera R$ 50 mil pela primeira vez depois de 10 meses
(Foto: Shutterstock)

315 dias. Esse foi tempo necessário para o bitcoin voltar a superar o patamar de R$ 50.000 no Brasil. A última vez ocorreu em 26 de junho de 2019 e durou menos de 24 horas.

Nesta manhã de terça-feira (06), o BTC ultrapassou os US$ 9.000, empurrando o preço no Brasil para R$ 51.917 às 10h12.

Publicidade

Apesar da alta em dólar, o principal fator que está impulsionando o preço da criptomoeda no país é a desvalorização do Real.

Em junho do ano passado, quando o bitcoin superou os R$ 50 mil pela segunda vez na história, a cotação da moeda era de US$ 13.764, 47% superior a atual. Na época o dólar estava na casa dos R$ 3,70.

Gráfico do Índice de Preço do Bitcoin (IPB)

Em Real (BRL), o bitcoin acumula alta de 79% no ano. Em dólar, a valorização foi de 28%, consolidando o bitcoin como um dos ativos de melhor performance em 2020, inclusive superando o ouro.

Expectativa do halving

O principal fator responsável pela alta do bitcoin em 2020 é a grande expectativa dos investidores pelo halving.

O próximo halving do Bitcoin acontecerá em 11 de maio e reduzirá pela metade a recompensa de mineração da criptomoeda – de 12,5 BTC para 6,25 BTC. Cada halving ocorre aproximadamente a cada quatro anos – ou uma vez a cada 210.000 blocos minerados.

Publicidade

Com a diminuição da entrada de novos bitcoins no mercado, é esperado pelos investidores um choque na oferta e um aumento no preço no longo prazo, devido ao aumento da escassez da moeda. A inflação anual do bitcoin passará a 1,8% ao ano ante os 3,6% atuais.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) estaciona em US$ 66 mil com menor apetite por risco e criptomoedas ganham espaço em carteiras de brasileiros

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) estaciona em US$ 66 mil com menor apetite por risco e criptomoedas ganham espaço em carteiras de brasileiros

Bitcoin e Ethereum andam de lado, enquanto algumas altcoins registram ganhos em um dia de perdas para os índices acionários globais
Imagem da matéria: Fundos de criptomoedas do Brasil captam mais R$ 50 milhões na semana

Fundos de criptomoedas do Brasil captam mais R$ 50 milhões na semana

Fundos cripto brasileiros ficam pela segunda semana consecutiva atrás apenas dos EUA em captação
Ilustração de moeda gigante de Bitcoin observada por investidores e prestes a ser cortada ao meio

Como será o futuro do Bitcoin à medida que recompensas aos mineradores ficam cada vez menores?

O que vai acontecer em 2140, quando os mineradores de Bitcoin não ganharem mais recompensas por blocos minerados?
Moeda de Bitcoin no centro de dados IA

Algoritmos de Aprendizado de Máquina preveem preço do Bitcoin para 30 de abril

Inteligência artificial prevê para o último dia deste mês que o preço do Bitcoin passe por um ligeiro ajuste