Imagem da matéria: Bitcoin ganha sua própria versão do popular aplicativo Friend.tech
Foto: Shutterstock

Após um sprint de codificação de 48 horas, um app parecido com o Friend.tech, apelidado de Alpha, foi lançado em cima da blockchain do Bitcoin neste fim de semana, trazendo uma experiência de token social para os usuários da primeira blockchain existente.

Como o Friend.tech — que é construído na Base, rede de segunda camada do Ethereum criada pela Coinbase — teve uma enxurrada de atividades no mês passado (e um renascimento recente), o Alpha é um protocolo de rede social descentralizado que permite aos usuários tokenizar e rentabilizar a sua presença e conteúdo online.

Publicidade

Em outras palavras, as pessoas podem comprar tokens vinculados a criadores individuais que aumentam ou diminuem de preço e podem ser usados para garantir o acesso a conteúdo exclusivo. É um novo formato para o conceito de “token social”, e projetos de financiamento social como esses são frequentemente anunciados como uma forma de trazer novos usuários para o universo das criptomoedas

Depois do surgimento recente do Friend.tech, o fundador do Alpha, Punk3700, descreveu sua plataforma baseada em Bitcoin para o Decrypt como “o próximo grande salto no mundo das finanças sociais”. Apesar de construí-lo em um fim de semana, ele disse que o projeto “visa trazer uma experiência luxuosa e exclusiva para as interações sociais”.

No momento da redação deste artigo, novos usuários estão entrando na rede a cada poucos minutos, muitos dos quais acumulam dezenas ou mesmo centenas de milhares de seguidores no Twitter. 

Punk3700 também é um dos principais membros por trás da New Bitcoin City, um ecossistema que investe no desenvolvimento de arte, jogos on-chain, finanças descentralizadas (DeFi) e IA como uma forma de “explorar o Bitcoin além de apenas uma criptomoeda”.

Publicidade

Alpha

O Alpha é o mais recente desenvolvimento do coletivo — mas é único stack de tecnologia que não está totalmente focado na Bitcoin. De acordo com seu fundador, o Alpha “executa um rollup que roda para outro rollup que roda para Bitcoin”. 

E o que isso significa? Em suma, é uma maneira de usar várias redes blockchain para criar uma experiência que pode ser responsiva e escalável. Neste caso, o projeto aproveita uma arquitetura blockchain híbrida com vários componentes: Bitcoin, a rede de escalabilidade de Ethereum, Polygon, e a própria rede de escalabilidade de Bitcoin, do projeto chamada Trustless Computer.

De acordo com o site da New Bitcoin City, uma Trustless Computer, é uma blockchain de segunda camada de baixo custo e alta eficiência construída sobre o Bitcoin, a qual pode suportar coisas como uma exchange descentralizada (DEX), comunidades tokenizadas conhecidas como organizações autônomas descentralizadas (DAOs) e mercados de NFTs.

É uma ferramenta sem código que permite aos desenvolvedores escolher se querem implementar rollups Optimistic ou rollups de conhecimento zero (zkRollups) para facilitar aplicativos criados em cima do Bitcoin.

Publicidade

O design híbrido do Alpha usa rollups Optimistic como uma solução de escalonamento através da movimentação de computação e armazenamento de dados fora da cadeia do Bitcoin. Atualmente, ele utiliza a Polygon para armazenamento de dados — embora Punk3700 diga que a disponibilidade de dados pode eventualmente viver 100% em Bitcoin “se necessário.”

Esta é uma das diferenças do Alpha em comparação ao Friend.tech. Construído na rede Base, o Friend.tech aproveita os rollups diretamente no Ethereum, herdando a segurança da rede. O Alpha tem de procurar outras soluções.

“Rollups no Bitcoin agora não são verdadeiros rollups porque o Bitcoin não pode verificar as provas”, explicou Bob Bodily, CEO da Bioniq, um marketplace de Ordinals que roda em uma sidechain do Bitcoin. A falta de verificação por parte do Bitcoin significa que existirá um certo grau de centralização. 

Dito isto, ele explicou ao Decrypt que “as pessoas geralmente não esperam por uma descentralização total”, apontando para os bilhões bloqueados nas redes de segunda camada do Ethereum. “As pessoas estão ansiosas para experimentar novas tecnologias.”

Pontos de atenção

Mesmo assim, Bodily não está convencido com relação às respostas que a equipe do Alpha forneceu quanto às preocupações expressas sobre o projeto. Ele disse que ainda não sabe quem é o proprietário dos contratos inteligentes implantados nos rollups da máquina virtual Ethereum (EVM), se eles são atualizáveis ou imutáveis, entre outros pontos.

Publicidade

Além disso, o tokenomics também levanta algumas bandeiras vermelhas, que a equipe ainda não abordou. De acordo com o site da Trustless Computer, o fornecimento de token é de aproximadamente US$ 100 milhões em TC, com 99,8% em um endereço.

Bodily afirmou que “tem explorado a tecnologia, mas é muito difícil entendê-la por completo”. 

Mesmo em meio a tais preocupações, o lançamento do Alpha gerou uma empolgação grande na comunidade do Bitcoin, assim como o protocolo Ordinals e seu padrão de token BRC-20 fizeram no início de 2023.

Jake Gallen, líder de estratégia no Emblem Vault, esteve na vanguarda do lançamento. A Emblem Vault é uma ferramenta que permite aos usuários armazenar tokens em blockchains sem necessidade de uma ponte. “Há uma sensação mais autêntica”, disse Gallen ao Decrypt, citando uma experiência de usuário mais amigável, juntamente com o fato de que “não há sentido em realizar um airdrop.”

“Se você está construindo uma marca, o objetivo é distribuir a conscientização entre as plataformas”, concluiu. “Assim como a maioria das pessoas tem várias contas de redes sociais em vários aplicativos, os usuários cripto usarão o SocialFi em qualquer blockchain que preferirem.”

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Edificio do BCE

Manhã Cripto: Bitcoin segue alta e busca máxima histórica com corte de juros na Europa

Banco Central Europeu (BCE) reduziu 25 pontos percentuais de cada uma das suas três principais taxas de juros
martelo de juiz com logo da binance no fundo

Nigéria retira acusações contra executivos da Binance, mas mantém exchange na mira

Dois executivos da Binance foram afastados das acusações de evasão fiscal por uma agência nigeriana, mas ainda enfrentam um caso de lavagem de dinheiro
Pessoa segura moeda de bitcoin à frente de bandeira de El Salvador

El Salvador propõe banco privado de investimento em Bitcoin para impulsionar a economia

BPI ofereceria aos investidores de Bitcoin acesso a serviços financeiros com menos restrições em comparação com os bancos tradicionais
Imagem da matéria: McDonald's lança seu próprio metaverso - e os proprietários de NFTs do Grimace são VIPs

McDonald’s lança seu próprio metaverso – e os proprietários de NFTs do Grimace são VIPs

A rede de fast food McDonald’s acaba de lançar um mundo metaverso para clientes de Singapura, com vantagens especiais para titulares de NFTs do Grimace