foguete decolando para lua com simbolo do bitcoin
Shutterstock

O preço do Bitcoin tem se mantido estável, sendo negociado a US$ 51.959 no momento da redação — exatamente a mesma cotação em relação ao mesmo período de ontem (quinta-feira, dia 15). Mas os ganhos semanais que o Bitcoin obteve não são para ser ignorados.

O Bitcoin registrou um ganho de 9% desde a semana passada e viu seu volume médio de negociação semanal se recuperar significativamente. Até agora, este ano (e sem surpresas) o BTC viu um volume médio de US$ 36,4 bilhões — o mais alto desde o início do ano — na mesma semana em que 10 ETFs de Bitcoin à vista começaram a ser negociados.

Publicidade

Nas semanas seguintes, quando os traders estavam vendendo bilhões em ações do GBTC em uma onda de venda após as notícias, os volumes de negociação diminuíram. Mas mesmo antes do fim desta semana atual, os dados do CoinGecko mostram que o volume médio de negociação para a semana pode novamente ultrapassar US$ 30 bilhões pela primeira vez desde que os ETFs de Bitcoin começaram.

O otimismo dos traders está se manifestando de outras formas também.

Nos mercados de derivativos de Bitcoin, as opções de compra (contratos usados para apostar que o preço do Bitcoin vai aumentar) superaram em muito as opções de venda (contratos usados para apostar que vai diminuir). No momento da redação, dados do CoinGlass mostram 65% do interesse aberto em opções de compra, embora nas últimas 24 horas a divisão tenha sido igual.

Olhando para frente, os traders parecem achar que é provável que o Bitcoin tenha mais espaço para crescer nos próximos meses. Dos US$ 4,4 bilhões em valor nocional em contratos que expiram em 29 de março, há US$ 2,8 bilhões em opções de compra, de acordo com o CoinGlass. Também vale a pena notar que há um número crescente de traders apostando que o BTC poderia ver preços entre US$ 60 mil e US$ 75 mil antes do final do próximo mês.

Enquanto isso, ainda há muita ação nos ETFs de Bitcoin à vista dos EUA. Vetle Lunde, analista sênior da K33 Research, observou no Twitter que os fundos viram fluxos de 100.000 BTC ontem.

Publicidade

O interesse sustentado de Wall Street tem sido encorajador para os traders. Mas isso significa que houve uma forte competição entre os emissores. Ontem, a VanEck anunciou que estava cortando as taxas em seu ETF de Bitcoin à vista HODL para 0,20%—um pouco abaixo dos 0,25% que agora estão sendo cobrados pelo iShares Bitcoin Trust—para competir melhor com seus pares.

No início desta semana, o co-fundador da Gemini, Cameron Winklevoss, argumentou que a crescente quantidade de BTC que está sendo mantida pelos custodiantes de ETF e a taxa reduzida na qual novas moedas serão emitidas após o halving do Bitcoin poderiam ser muito otimistas.

Dados da IntotheBlock mostram que a volatilidade do BTC acalmou um pouco nos últimos dias. Isso se deve, em parte, à crescente liquidez que está nas exchanges. Quanto mais fácil for para os traders comprar e vender grandes quantidades de Bitcoin sem causar flutuações de preço, menos volátil se tornará um ativo. Mesmo assim, os fluxos de saída das exchanges superaram ligeiramente os influxos na última semana, de acordo com a firma de análise de blockchain.

*Traduzido com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
BTC bitcoin na frente de nota de dólar de 1 milhão

Preço do Bitcoin aumenta com otimismo de Biden sobre queda de juros do Fed ainda este ano

“Mantenho minha previsão de que, antes do final do ano, haverá um corte nas taxas”, disse o presidente dos Estados Unidos
Imagem da matéria: Investidor transforma R$ 20 mil em R$ 178 milhões ao segurar Bitcoin por 12 anos

Investidor transforma R$ 20 mil em R$ 178 milhões ao segurar Bitcoin por 12 anos

Quando o investidor adquiriu 500 BTC em julho de 2012, a quantia valia R$ 20 mil; hoje, ultrapassa R$ 178 milhões
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) recua para US$ 69 mil e FTX espera devolver fundos a clientes até fim de 2024

Com desempenho recorde no trimestre, o Bitcoin agora mira novas máximas à espera do próximo halving
Moedas de Bitcoin e Tether lado a lado

Tether detém mais de US$ 5 bilhões em Bitcoin para apoiar o USDT

A gigante das stablecoins adicionou ainda mais Bitcoin ao seu balanço no primeiro trimestre