Imagem da matéria: "Bitcoin é a Amazon no início dos anos 2000", diz Anthony Scaramucci
Anthony Scaramucci (Foto: Shutterstock)

Anthony Scaramucci, financista americano e fundador da empresa de investimento global SkyBridge Capital, comparou o Bitcoin (BTC) aos primeiros dias da Amazon, durante um episódio recente do podcast “The What Bitcoin Did” publicado em 4 de janeiro.

“Acho que o Bitcoin é a Amazon [em] 2000, 2001 ou 2002. Está aí, é um vencedor, mas ainda está nos estágios iniciais. E, a propósito, se você olhar o gráfico de ações da Amazon de 97 a 02, você ficará tipo ‘Nossa, eu perdi isso’. A coisa passou de uma fração de uma ação para uma quantidade gigantesca de capitalização de mercado”, disse Scaramucci.

Publicidade

Como o preço do Bitcoin passou de US$ 400 para US$ 27.000, ele disse que algumas pessoas podem dizer: “Você é um idiota, está chegando atrasado”.

“Minha resposta a isso é: não, se houver alguma coisa, ainda estamos no início. E o motivo é que ainda não é totalmente aceito, ainda é mais difícil de comprar do que você gostaria, não é uma ação ou um ETF, ainda não está devidamente regulamentado nos Estados Unidos. Há muitas coisas que precisam acontecer aqui”, observou Scaramucci, acrescentando:“ Gosto de onde estamos. Acho que chegamos a esse ponto de cruzamento. ”

Comparando o Bitcoin com a Amazon mais uma vez, Scarmucci disse que a empresa de Jeff Bezos “não vai a zero” e é uma “coisa comprovada agora” – assim como o Bitcoin. E mesmo que alguém pudesse ter comprado 15.000 BTC por US$ 5 cada no passado (ou pago 10.000 BTC por algumas pizzas, por exemplo), mesmo hoje, ainda estamos no estágio inicial da segunda fase de adoção do Bitcoin.

“E, acredite em mim, 1% do portifólio de uma ‘Fidelity,’ ‘Vanguard,’ ‘MassMutual,’ ‘Ray Dalio,’ e o bitcoin pode ir a US$ 300.000 a US$ 400.000 cada moeda”, supôs Scaramucci.

Publicidade

Além disso, já estamos “além da massa crítica com o Bitcoin” e é provável que seja regulamentado – talvez onerosamente – porque o governo está preocupado com o fato de o Bitcoin suplantar a supremacia do dólar americano, afirmou Scamucci. Mas, embora isso possa levar a uma volatilidade adicional, não é o mesmo que um risco.

“Lembre-se de que a volatilidade é muito diferente do risco. Volatilidade [é aceitável] se você for paciente e entender os fundamentos do que está acontecendo. Se você segurou a Amazon por 23 anos e aceitou as quedas de 50% nos preços, mas sabia que os fundamentos estavam lá, então você realmente não corria tanto risco quanto tinha que ser paciente para enfrentar a volatilidade”, explicou Scaramucci.

“Não vejo o governo sendo capaz de eliminar o Bitcoin”, disse ele, acrescentando “Esse é um organismo vivo que respira agora no espaço digital. E assim será, quer os governos gostem ou não ”.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co
VOCÊ PODE GOSTAR
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve
Imagem da matéria: Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Ao todo, vítima gastou quase R$ 5 milhões nos pagamentos: além do envio de Bitcoin, foram 40 depósitos bancários
Imagem da matéria: '101 Perguntas sobre Bitcoin': Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

‘101 Perguntas sobre Bitcoin’: Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

A obra discorre os princípios técnicos da moeda até suas implicações socioeconômicas no contexto atual, de modo a proporcionar um entendimento profundo ao público geral
Imagem da matéria: Bitcoin entra em onda de alta e atinge o seu maior preço desde o halving

Bitcoin entra em onda de alta e atinge o seu maior preço desde o halving

Dados do CoinGecko mostram que o Bitcoin subiu cerca de 3% no último dia e no período de uma semana valorizou em 9%