Imagem da matéria: Bitcoin dispara e atinge maior preço das últimas duas semanas; criptomoedas acompanham
(Foto: Shutterstock)

O Bitcoin dá continuidade ao movimento de alta iniciado no inicio da semana e volta a se aproximar dos US$ 4.000, alcançando o maior patamar das últimas duas semanas. No Brasil, a criptomoeda é negociada a R$ 15.420 às 9:20 .

Desde a baixa anual de US$ 3.215, atingida no dia 13 de dezembro, o BTC já valorizou 22%. Apesar da recuperação, o mês de dezembro continua com um acumulado de -5%. Em 2018, o bitcoin só fechou o mês positivo em três ocasiões.

Publicidade
Gráfico BTC/BRL do Índice de Preço do Bitcoin (IPB)

Nas últimas 24h, o BTC foi negociado entre US$ 3.545 e US$ 3.925. O volume negociado foi de US$ 6,5 bi, 20% acima da média mensal.

Criptomoedas em alta

O mercado parece ter acho um fundo – pelo menos por enquanto – e após grande parte das criptomoedas terem desvalorizado mais de 90% desde seus respectivos topos históricos, os criptoativos estão se recuperando.

O Ethereum voltou a ser negociado acima dos US$ 100 após uma alta de 15% na semana. O XRP, token da Ripple, também opera em forte alta, junto com EOS, IOTA e Litecoin. O maior destaque, no entanto, é a criptomoeda Waves, que subiu mais de 125% em sete dias, com um acumulado de 250% em trinta dias.

A capitalização do mercado cripto volta aos US$ 125 bi e também está no maior patamar das últimas duas semanas, com alta de 25% desde a mínima anual. O BTC continua dominando o mercado com mais de 50% do marketshare.

Publicidade
Cotação das principais criptomoedas do mercado

Aniversário do topo histórico

Há um ano atrás, no dia 17 de dezembro de 2017, o Bitcoin alcançava a cotação de US$ 20.000, patamar mais alto de preço que a criptomoeda já atingiu. No Brasil, um dia depois, o BTC registrou seu topo, em R$ 69.700.

Doze meses depois, a maior criptomoeda do mundo em valor de mercado foi negociada a US$ 3.450, uma queda de 83%. O BTC também caiu 76% no acumulado do ano (a partir de seu preço de abertura de US$ 13.720 em 1º de janeiro).


BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

ETFs de Bitcoin à vista já controlam mais de 1 milhão de BTC

Mais da metade dos US$ 70,5 bilhões em fundos está praticamente dividida entre Grayscale e BlackRock
trader segura moeda de bitcoin em frente a grafico em computador

Bolsa de Chicago planeja lançar negociação de Bitcoin à vista, diz jornal

O objetivo é capitalizar a crescente demanda este ano entre os gestores de Wall Street para ganhar exposição ao setor de criptomoedas
Anic de Almeida Peixoto Herdy é casada com herdeiro da Unigranrio

Herdeira é sequestrada em Petrópolis e criminosos exigem resgate em Bitcoin

Técnico de informática amigo do casal conversou com sequestradores por entender de criptomoedas e foi preso por suspeita de envolvimento
Michaël van de Poppe em vídeo no Youtube

“É hora de investir em altcoins como Ethereum além do Bitcoin”, diz Michaël van de Poppe

Citando o Ethereum com uma das opções, o analista diz que o mercado de altcoins já passou por correção e que a tendência agora é de alta