Imagem da matéria: Bitcoin despenca e atinge menor preço de 2018
(Foto: Shutterstock)

Operando em queda neste o início da manha, o Bitcoin chegou a ser negociado abaixo dos US$ 6.000 às 14 horas desta quarta-feira (14).

Na Bitstamp, uma das principais exchanges do mundo, o BTC chegou a ser negociado próximo de US$ 5.500, alcançando assim a menor cotação de 2018. A diferença de preço entre as principais corretoras do mundo não está muito alta e todas registraram quedas abaixo dos US$ 6.000.

Publicidade
Gráfico BTC/USD da Bitstamp

No Brasil, de acordo com o IPB, o bitcoin opera em queda de 7,75% no dia e é negociado perto dos R$ 22.000. A cotação, no entanto, não é a menor do ano. O Bitcoin foi negociado abaixo dos R$ 21.000 em fevereiro.

Com a agitação, o mercado voltou a crescer em volume. No mundo, mais de US$ 5 bilhões em Bitcoin foram negociados nas últimas 24 horas. No Brasil, pouco mais de R$ 13 milhões.

Até o momento não se tem nenhum motivo aparente que justifique um movimento negativo desse patamar.

O hard fork do Bitcoin Cash (BCH), programado para acontecer amanhã, pode estar sendo usado como um catalisador para essa queda do Bitcoin.

No centro da divisão (fork) está, novamente, a escalabilidade. A equipe de desenvolvedores do Bitcoin ABC, que criou o BCH o ano passado, defende a implementação de tecnologias que visam melhorar o desempenho do blockchain, enquanto os do Bitcoin SV pretendem, entre outros, aumentar o tamanho dos seus blocos de 32 MB para 128 MB. As versões não são compatíveis uma com a outra.

Publicidade

Valor de mercado das criptomoedas cai abaixo dos US$ 200 bilhões

Acompanhando o movimento negativo do Bitcoin, só que em maior escala, os principais criptoativos do mercado operam em forte queda. Dentro do Top 20, nenhuma criptomoeda está se salvando.

O BCH caiu 30% nos últimos sete dias, -18% só nas últimas 24 horas. Ethereum, Ripple e Stellar também operam em quedas superiores a 10% no dia.

Como consequência, o mercado atingiu o menor patamar do ano, com capitalização de US$ 187 bilhões. A fim de comparação, na primeira semana de janeiro, o valor de mercado estava em US$ 822 bi, uma queda de 77%.

(Fonte: Portal do Bitcoin)

BitcoinTrade

Baixe agora o aplicativo da melhor plataforma de criptomoedas do Brasil
Cadastre-se e confira todas as novidades da ferramenta, acesse: www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Entendendo as tecnologias por trás da tokenização de ativos | Opinião

Apesar de chamara cada vez mais atenção, muitas pessoas ainda não sabem o que é a tokenização de ativos e como ela funciona
Moeda de Ethereum na frente de gráfico

Ethereum pode surpreender positivamente nos próximos meses, diz Coinbase

Subindo menos que outras criptomoedas em 2024, o Ethereum pode se recuperar e superar seus pares nos próximos meses, avalia a Coinbase
Imagem da matéria: Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Ao todo, vítima gastou quase R$ 5 milhões nos pagamentos: além do envio de Bitcoin, foram 40 depósitos bancários
o que é mineração de bitcoin

Dificuldade de mineração de Bitcoin está despencando, mas por quê?

A redução no preço do Bitcoin, combinada com a diminuição das recompensas de mineração, resulta em menos mineradores e em uma rede menos robusta — pelo menos por enquanto