Imagem da matéria: Bitcoin (BTC) cai para menor preço de seis meses em meio à repressão da China
Foto: Shutterstock

A repressão da China contra o Bitcoin (BTC) fez o preço da principal criptomoeda do mercado retroceder seis meses.

O BTC chegou a ser negociado a US$ 31.300 no início da manhã desta terça-feira (22), menor valor desde o dia 26 de janeiro, segundo o CoinMarketCap.

Publicidade

Por volta das 7h40, a criptomoeda deu sinais de recuperação e voltou a encostar nos US$ 32 mil.

Em reais, de acordo com o Índice de Preço do Bitcoin (IPB), o preço médio do BTC nas principais corretoras que atuam no Brasil é R$ 159 mil.

O Bitcoin já recuou 50% desde sua máxima histórica de US$ 63 mil, registrada no dia 13 de abril.

Além da repressão da China, no mês passado o ativo digital também foi afetado por declarações do CEO da Tesla, Elon Musk.

Altcoins

Assim como o BTC, as altcoins também operam em forte queda nesta terça-feira.

O Ethereum (ETH), segundo maior ativo digital do mercado, é cotado a R$ 1.877 após desvalorizar 5% nas últimas 24 horas.

Em reais, o Ether é encontrado por R$ 9.488 nas principais corretoras, conforme dados do Índice do Preço do Ethereum (IPE).

Entre as principais criptomoedas do mercado, a Dogecoin (DOGE) foi a que registrou a maior queda diária.

A critpomoeda baseada em meme de cachorro perdeu 25% de seu valor desde a manhã da segunda-feira (21) e é negociada a US$ 0,18.

Publicidade

O XRP, da Ripple, recuou 15% e viu seu preço voltar para US$ 0,58. O Binance Coin (BNB), da Binance, também desvalorizou 15% e é cotado a US$ 261.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Empresa cripto Bakkt está considerando uma potencial venda ou desmembramento, diz site

Empresa cripto Bakkt está considerando uma potencial venda ou desmembramento, diz site

A Bakkt recorreu à ajuda de um consultor financeiro para tomar a decisão, embora ainda não tenha definido o seu próximo passo
Imagem da matéria: Exchange japonesa DMM Bitcoin apresenta plano após perder US$ 300 milhões em BTC

Exchange japonesa DMM Bitcoin apresenta plano após perder US$ 300 milhões em BTC

Empresa já iniciou processo de captação para comprar a quantidade suficiente em Bitcoin para pagar os clientes impactados pelo ataque
Imagem da matéria: MB diversifica portfólio e anuncia onze novas listagens em maio de 2024

MB diversifica portfólio e anuncia onze novas listagens em maio de 2024

“Muitas dessas novidades podem ser acessadas a partir de R$ 1. Isso dinamiza nosso portfólio, e viabiliza a democratização”, diz executivo
moedas de bitcoin e letras ETF

Fundos de Bitcoin e Ethereum atraem outros US$ 185 milhões em meio ao hype do ETF de ETH

Os fundos cripto em todo o mundo arrecadaram US$ 15 bilhões até agora, com a maior parte do dinheiro recente fluindo para ETFs de Bitcoin à vista