Imagem da matéria: Bitcoin Banco deve R$ 600 milhões a mais de seis mil clientes; presidente é o maior credor
Foto: Shutterstock

Dentro do pedido de recuperação judicial, o Bitcoin Banco colocou uma uma lista com as informações de mais de seis mil clientes, com valores, CPFs e endereços. A soma da dívida, caso a lista esteja correta, é de R$ 617 milhões.

O que é estranho é que o atual presidente da empresa, Johnny Pablo dos Santos, possui sozinho R$ 92 milhões em dívidas com a empresa que ele mesmo controla. A própria NegocieCoins Express tem R$ 17 milhões. O nome de Claudio Oliveira não consta na lista.

Publicidade

Outro nome conhecido da empresa, Brunno Ramos, que atuou como uma das lideranças, tem R$ 5 mil.

O criador da Anubis Trade, Matheus Grijó, tem R$ 2,8 milhões. Grijó foi um dos maiores defensores do Bitcoin Banco. Nos grupos de Facebook, ele derramava elogios para Claudio Oliveira. Em setembro, ele traiu seus clientes ao entregar a custódia dos bitcoins de sua empresa para Atlas Quantum mesmo sabendo que ela estava com os saques travados.

A lista mostra também que há 108 credores com valores acima de R$ 1 milhão e 675 com mais de R$ 100 mil.

Um investidor consultado pelo Portal do Bitcoin estranhou estar fora da lista, uma vez que tem valores lá dentro. Pelos grupos de Telegram, diversas pessoas reclamaram sobre a imprecisão dos valores, o que sugere que a lista tem arbitrariedades.

Há também dívidas trabalhistas na lista. Micmas Carvalho, representante da empresa em São Paulo, tem R$ 10 mil a receber. O escritório do ex-delegado da Polícia Federal Jorge Luis Fayad Nazário, até pouco tempo atrás um dos maiores defensores da empresa, aparece com R$ 115 mil para receber.

Publicidade

Bitcoin Banco e recuperação judicial

Atualmente, o Bitcoin Banco e as demais empresas ligadas a Claudio Oliveira tem centenas de processos nas costas e não tem recursos para fazer o pagamento. Na segunda-feira (04), o GBB entrou na Justiça com um pedido de recuperação judicial.

A petição foi registrada no Tribunal de Justiça do Paraná às 16h59 de segunda-feira (04) pelo advogado Edson Insfer.

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais
busto de homem engravatado simulando gesto de pare

CVM proíbe corretora de criptomoedas e forex de captar clientes no Brasil

O órgão determinou, sob multa diária de R$ 1 mil, a imediata suspensão de qualquer oferta pública de valores mobiliários pela Xpoken
Celular com logo do Pix sob bandeira do Brasil

Pix: Um catalisador para o futuro das finanças descentralizadas no Brasil? | Opinião

Para o autor, o Pix, combinado com os princípios das finanças descentralizadas e conceitos de dinheiro programável, poderia abrir caminho para uma nova era de inovação financeira
Imagem da matéria: Bitcoin entra em onda de alta e atinge o seu maior preço desde o halving

Bitcoin entra em onda de alta e atinge o seu maior preço desde o halving

Dados do CoinGecko mostram que o Bitcoin subiu cerca de 3% no último dia e no período de uma semana valorizou em 9%