Imagem da matéria: Bitcoin atinge número recorde de 22,3 milhões de carteiras ativas em janeiro
(Foto: Shutterstock)

O Bitcoin registrou mais um recorde em janeiro. Dados da empresa de análise on-chain Glassnode mostram que a rede teve o maior número de usuários ativos no mês passado, mais do que em qualquer outro momento da história.

Como o Bitcoin é totalmente descentralizado, a atividade em sua rede pode ser calculada por certas métricas – como carteiras ativas, fluxos de saída de mineradores e transferências no blockchain. Destes, o número de endereços de carteiras ativas fornece a maior percepção, em termos do número de interações no Bitcoin por meio de transferências.

Publicidade

E janeiro teve os números mais altos de todos os tempos. Mais de 22,3 milhões de carteiras estavam ativas na rede Bitcoin, mais do que as 21,6 milhões em janeiro de 2018, quando o Bitcoin estabeleceu o preço recorde de mais de US$ 19.500.

“Em janeiro, mais de 22,3 milhões de endereços exclusivos estavam ativos na rede, enviando ou recebendo BTC – o maior número mensal na história do Bitcoin até hoje”, twittou Glassnode.

De acordo com a empresa, esses endereços ativos medem o número de endereços exclusivos – ou seja, aqueles de endereços únicos em vez de grandes transferências de lotes de exchanges de criptomoedas – que estavam ativos na rede como remetente ou receptor. Apenas transações bem-sucedidas são contadas neste método, explica Glassnode em seu site.

Além disso, o número de novos endereços de carteira – o número de endereços exclusivos que aparecem pela primeira vez na rede Bitcoin – estabeleceu um novo recorde este mês, ultrapassando a máxima atingida em 2017.

Publicidade

Olhando para dias específicos, mais de 682.000 novos endereços foram criados 7 de janeiro deste mês, em comparação com 655.000 em 17 de dezembro de 2020, quando o Bitcoin registrou a antiga máxima histórica.

VOCÊ PODE GOSTAR
Anic de Almeida Peixoto Herdy é casada com herdeiro da Unigranrio

Herdeira é sequestrada em Petrópolis e criminosos exigem resgate em Bitcoin

Técnico de informática amigo do casal conversou com sequestradores por entender de criptomoedas e foi preso por suspeita de envolvimento
Imagem da matéria: '101 Perguntas sobre Bitcoin': Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

‘101 Perguntas sobre Bitcoin’: Editora Portal do Bitcoin lança livro sobre a criptomoeda mais famosa do mundo

A obra discorre os princípios técnicos da moeda até suas implicações socioeconômicas no contexto atual, de modo a proporcionar um entendimento profundo ao público geral
trader segura moeda de bitcoin em frente a grafico em computador

Bolsa de Chicago planeja lançar negociação de Bitcoin à vista, diz jornal

O objetivo é capitalizar a crescente demanda este ano entre os gestores de Wall Street para ganhar exposição ao setor de criptomoedas
CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, em entrevista ao BNN Bloomberg no YouTube

O Bitcoin precisa de uma nova narrativa para voltar a subir, segundo CEO da Galaxy Digital

Mike Novogratz também acredita que o preço do BTC flutue entre US$ 55 mil e US$ 75 mil até que novos eventos ocorram