mão segurando celular com logo da binance e gráficos ao fundo
Shutterstock

A corretora Binance vai remover dez pares de negociação spot (à vista) de criptomoedas em sua plataforma na sexta-feira (1), segundo comunicado da equipe de suporte da exchange publicado nesta manhã de quarta-feira (30).

Conforme a nota da Binance, os pares de negociação spot que serão deslistados, bem como os horários das ações, são os seguintes:

Publicidade

01/09/2023 — 3h UTC (meia noite no Brasil): ANKR/BNB, CVC/BUSD, EPX/BUSD, HIVE/BUSD, IOTA/BNB

01/09/2023 — 4h UTC (1h no brasil): KLAY/BUSD, LRC/BNB, MBL/BUSD, MTL/ETH, UMA/BUSD

A corretora pede aos usuários que fechem suas posições nos pares relacionados antes das datas programadas. 

A Binance também vai encerrar os serviços de robôs de negociação à vista (Spot Trading Bots) desses pares das remoção informadas, “quando aplicáveis”. 

“Os usuários são fortemente aconselhados a atualizar e/ou cancelar seus Spot Trading Bots antes da cessação dos serviços para evitar quaisquer perdas potenciais.

VOCÊ PODE GOSTAR
Fachada da GameStop em Tyler no Texas

GameStop e AMC desabam com fim da euforia do retorno de Roaring Kitty

As ações memes da GameStop e AMC caíram drasticamente após a abertura dos mercados dos EUA na quinta-feira, recuando pelo menos 15%
Bitcoin em gráfico de alta com seta azul apontado para o alto

Traders esperam que Bitcoin supere a máxima de US$ 74 mil em breve

“Esperamos um impulso de alta aqui que pode nos levar de volta às máximas de US$ 74 mil”, disse a QCP Capital sobre o momento do Bitcoin
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

ETFs de Bitcoin têm entrada de US$ 303 mi, impulsionados por Fidelity e Grayscale

Os fluxos de entrada de ETFs de Bitcoin à vista nos EUA atingiram uma alta de US$ 303 milhões em duas semanas, já que o preço do Bitcoin ultrapassou US$ 66 mil
Tela de celular mostra logotipo Drex- no fundo notas de cem reais

Banco Central adia Drex para realizar novos de testes de privacidade

BC explica que primeira fase de testes foi focada em elementos de privacidade, mas as soluções encontradas “ainda não estão maduras”