Tokens USDC
Shuttestock

As conversões da stablecoin USDC para a stablecoin própria da Binance, a BUSD, já começaram, e os efeitos no mercado de criptomoedas já estão sendo sentidos.

Desde o anúncio feito pela corretora Binance que iria descontinuar o suporte para stablecoins concorrentes em sua plataforma, as saídas de USDC da Binance — ou seja, o número de stablecoins USDC que saem da plataforma — aumentaram 93%. Enquanto isso, a capitalização de mercado do token USDC caiu 5%.

Publicidade

Até quarta-feira (28), haviam na Binance US$ 26 bilhões em stablecoins, de acordo com a empresa de análise de blockchain Nansen. Desse total, US$ 20 bilhões estavam em BUSD, com o restante em stablecoins concorrentes: US$ 683 milhões em USDC; US$ 48 milhões em USDP; e US$ 283 milhões em TUSD.

O único outro saldo de stablecoin considerável na Binance era de US$ 5 bilhões em Tether (USDT), de acordo com Nansen.

Desde o início da semana, os usuários podiam converter suas stablecoins em para BUSD a uma taxa de 1:1. Mas a partir de quinta (29), a exchange passou que converterá automaticamente quaisquer saldos restantes de USDC, USDP e TUSD em sua própria stablecoin.

Embora o anúncio da Binance tenha mencionado três de seus concorrentes, grande parte da atenção recaiu sobre o USDC. É a segunda maior stablecoin por capitalização de mercado e superou consistentemente a BUSD. 

Publicidade

Nem a Binance nem a Circle, emissora do USDC, responderam a um pedido de comentário da Decrypt. Porém, ainda há sinais nos dados da plataforma que mostram como as conversões já impactaram o cenário de stablecoin.

Monopólio de stablecoins

Quando a Binance anunciou a mudança no início do mês, criou-se muita agitação. Isso porque a exchange de criptomoedas é de longe a maior em volume, tendo feito US$ 23 bilhões em transações no dia anterior.

Quando o anúncio foi feito, o usuário do Twitter “BloodgoodBTC” o comparou a um monopólio de criptomoedas, dizendo que a exchange estava “excluindo concorrentes como o Google fez há 10 anos”.

Enquanto isso, o conhecido crítico da Tether e da Bitfinex, “Bitfinexed”, levantou a hipótese de que as conversões deveriam mostrar uma queda na emissão de USDC e um aumento nas emissões de BUSD.

Publicidade

Uma vez que ambas as stablecoins devem manter uma indexação de 1:1 com o dólar americano, e tanto Paxos (emissora da Pax Dollar) quanto Circle (USDC) queimam moedas à medida que são resgatadas, sua emissão pode ser aproximada usando sua capitalização de mercado.

Assim, o valor de mercado do USDC caiu para US$ 49 bilhões desde o anúncio da Binance no início deste mês. No mesmo período, o valor de mercado da BUSD aumentou 8%, para US$ 21 bilhões, de acordo com a CoinGecko.

Tanto o CEO da Binance, Changpeng CZ Zhao, quanto o CEO da Circle, Jeremy Allaire, foram inflexíveis ao dizer que as conversões automáticas não equivalem a uma deslistagem do USDC.

Por sua vez, CZ disse no Twitter que os usuários ainda podem depositar e retirar o USDC da corretora. “Melhor preço, menor diferença de preço para todos os usuários”, disse ele.

Separadamente, Allaire disse, também em um tópico no Twitter no dia seguinte ao anúncio, que a mudança “provavelmente levará a mais USDC fluindo para a Binance”.

Publicidade

E deu um golpe de lado na concorrente Tether, twittando que “O USDT NÃO é equivalente a dinheiro – nem perto disso”. Ele também argumentou que, como o uso do BUSD fora da Binance é tão limitado, isso tornaria o USDC a stablecoin preferida para movimentar fundos entre exchanges de criptomoedas centralizadas e descentralizadas.

Mudanças no mercado

A BUSD é negociada principalmente na Binance, de acordo com dados da CoinGecko. Os três pares de negociação BUSD mais populares são Bitcoin, Ethereum e Tether na própria exchange da Binance e representam 65% de todo o volume da stablecoin.

Enquanto isso, o par de negociação BTC/USDC da exchange centralizada MEXC Global é o mercado mais popular da stablecoin, respondendo por US$ 747 milhões, ou 17%, do volume do USDC. E o par de negociação BTC/USDC cessado na Binance representa 4% do volume do USDC, de acordo com a CoinGecko.

Também houve sinais de mudança nas saídas da exchange, de acordo com a empresa de dados blockchain IntoTheBlock. Após o anúncio da Binance, as saídas de USDC da Binance aumentaram.

O volume de saída de USDC da Binance aumentou 93%, de US$ 158 milhões no final de agosto para US$ 307 milhões. E a contagem de transações de saída aumentou 77%, de cerca de 1.100 para cerca de 1.800 transações, de acordo com a empresa de dados.

Isso eleva o total acumulado de setembro para US$ 19 bilhões em 44.314 transações, acima dos US$ 18 bilhões em agosto.

Publicidade

Essas saídas, disse Lucas Outumuro, chefe de pesquisa da IntoTheBlock, podem ser de usuários que não querem ter seu USDC convertido em BUSD.

“Até onde eu sei, a Binance não está realmente convertendo-os, então não é como se eles estivessem retirando o USDC dos clientes e enviando entradas de BUSD”, disse ele.

É provável que aumente a liquidez da BUSD no longo prazo, alavancando a posição de força da Binance. No curto prazo, pode não fazer tanta diferença, já que, como mencionado, a Binance não está realmente convertendo os ativos.

Mas, para colocar as saídas em perspectiva, é um aumento modesto em comparação com a quantidade de USDC que estava sendo transferida da Binance em maio e junho.

Os dados do IntoTheBlock mostram que esses dois meses foram os meses mais altos e o segundo mais alto para saídas de USDC da Binance desde 2018, quando a exchange adicionou a stablecoin . 

Os usuários retiraram US$ 50 bilhões em USDC da corretora em maio e US$ 30 bilhões em junho, enquanto o colapso da stablecoin algorítmica TerraUSD, da TerraForm, e do token de governança LUNA, abalou o mercado.

* Traduzido com autorização do Decrypt.co

Quer negociar mais de 200 ativos digitais na maior exchange da América Latina? Conheça o Mercado Bitcoin! Com 3,8 milhões de clientes, a plataforma do MB já movimentou mais de R$ 50 bilhões em trade in. Crie sua conta grátis!

VOCÊ PODE GOSTAR
Pessoa inserindo chip no celular

Justiça manda TIM pagar R$ 21 mil a cliente que teve celular clonado e perda de criptomoedas

A partir da clonagem do celular, os invasores tiveram acesso ao email e posteriormente a uma carteira cripto na Binance
Imagem da matéria: Coinbase sai do ar durante madrugada após interrupção do sistema

Coinbase sai do ar durante madrugada após interrupção do sistema

Embora a Coinbase tenha informado nesta manhã que o problema estava resolvido, sua página de status ainda indica que o app móvel e site estão com “desempenho prejudicado”
tornado cash 1

Desenvolvedor do Tornado Cash é condenado a 5 anos de prisão por lavagem de dinheiro

“O Tornado Cash, em sua natureza e funcionamento, é uma ferramenta destinada a criminosos”, disse um dos juízes ao condenar Alexey Pertsev
Imagem da matéria: Hacker se arrepende e planeja devolver R$ 365 milhões roubados de investidor de Bitcoin

Hacker se arrepende e planeja devolver R$ 365 milhões roubados de investidor de Bitcoin

O autor de um golpe de “envenenamento de endereço” parece estar pensando duas vezes depois de roubar US$ 71 milhões de um grande investidor